Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » TENSO!

Torcida do Palmeiras volta a protestar após empate em casa

Mauricio Gagliotte e Alexandre Mattos foram alvos das críticas

Pedro Ungheria Publicado em 06/10/2019, às 20h20

Torcida do Palmeiras protesta após ver Flamengo abrir cinco pontos de diferença
Torcida do Palmeiras protesta após ver Flamengo abrir cinco pontos de diferença - GettyImages

Vivendo um momento de paz, o Palmeiras viu todo esse clima ir embora após o empate dentro de casa contra o Atlético Mineiro, neste domingo, 6, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Desde a chegada de Mano Menezes, o clube vem conquistando bons resultados, porém, não suficientes para a liderança do torneio.

Depois de ver a chance de ficar ainda mais perto do topo, na última semana, a liderança se tornou ainda mais distante, tendo em vista a vitória do Flamengo nesta rodada, que já ficou com cinco pontos de distância do vice colocado.

Incomodados com a situação, os torcedores do Verdão aproveitaram o final da partida para fazer uma série de protestos contra a atual diretoria do clube, tanto o presidente Mauricio Gagliotte, quanto o diretor de futebol, Alexandre Mattos.

Em meio a diversos cânticos com tons de críticas, os mesmos pediram a saída de ambos da atual gestão da equipe do Palestra Itália.

O próximo jogo do Verdão é quarta-feira, contra o Santos, terceiro colocado, na Vila Belmiro. O Flamengo joga na quinta, contra o Atlético-MG, no Maracanã.

O JOGO:

Mesmo com uma posse de bola superior, o Verdão viu os visitantes saírem na frente com um gol de Nathan. Atrás do placar até a reta final do segundo tempo, o Palmeiras buscou melhorar o resultado quando Dudu marcou para os donos da casa, mas, já era tarde demais.

Cinco pontos atrás do atual líder, o alviverde do Palestra Itália ainda viu muita reclamação por parte da equipe mineira, afinal, uma possível penalidade cometida por Felipe Melo poderia dar um desfecho ainda pior para o time de Mano Menezes, que estava suspenso do banco de reservas.

Mesmo com muita reclamação, o árbitro responsável pelo confronto não acionou o VAR, o que esquentou bastante o clima dentro de campo. Nas arquibancadas, muitos torcedores reclamaram da atuação do Palmeiras, o zagueiro Antônio Carlos, por exemplo, chegou a discutir com parte do público que deferia palavras de cunho ofensivo contra o elenco.

Torcida do Palmeiras protesta após empate em casa (Transmissão/Globo Esporte)

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!