Sportbuzz
Testeira
Futebol / COMPLICADO

Torcida do Cruzeiro se revolta após saída de Fábio; veja as reações

Mesmo depois das reuniões, visando chegar a um acordo de renovação, Fábio e Cruzeiro não se entenderam, e a saída do goleiro pegou todos os torcedores de surpresa

Redação Publicado em 06/01/2022, às 08h59

Fábio, ex-goleiro do Cruzeiro - GettyImages
Fábio, ex-goleiro do Cruzeiro - GettyImages

Na noite desta quarta-feira, 5, o anúncio de que Cruzeiro e o goleiro Fábio não chegaram a um acordo pela renovação pegou todos de surpresa. Sendo um dos maiores ídolos do clube mineiro, o jogador não faz mais parte da equipe, e sua saída deixou os torcedores com um misto de sentimentos entre revolta e indignação.

A ideia da diretoria da Raposa era conversar com o goleiro para uma readequação salarial, especialmente porque o clube ainda vive um momento financeiro complicado, e reorganizar as finanças faz parte do planejamento para 2022. No entanto, mesmo depois de duas reuniões entre as partes, nada ficou decidido além da saída do atleta.

Canal - SportBuzz

Também chateado com a situação, Fábio foi até as suas redes sociais se mostrar indignado com a decisão tomada pela diretoria do Cruzeiro, que hoje tem Ronaldo Fenômeno como um dos principais sócios. Por lá, o ídolo mineiro contou que se a proposta de readequação salarial fosse colocada na mesa, ele teria aceitado, mas que Paulo André sequer quis ter contato com ele.

A situação ficou ainda mais complicada para ambas as partes porque no dia 12 de novembro, o Cruzeiro havia anunciado a renovação contratual do goleiro Fábio até o fim da temporada de 2022, e caso continuasse agora, poderia chegar a marca dos mil jogos atuando pela equipe mineira neste ano.

"Mostrei total disponibilidade em negociar o débito dos anos anteriores, mas, infelizmente, não fui ouvido. Quero deixar claro que aceitaria a readequação ao novo teto salarial, mas essa nova administração também não me deu essa opção", desabafou Fábio nas redes sociais.

"Me disseram que qualquer outro cenário estava inviabilizado e que eu não faço parte do planejamento desportivo para 2022. Paulo André, que estava na sala ao lado, não teve sequer a consideração de me cumprimentar, sendo ele um ex-companheiro de clube", completou o agora ex-goleiro do Cruzeiro.

Fábio, agora ex-goleiro do Cruzeiro em campo fazendo uma defesa pelo clube (Crédito: GettyImages)

 

Claro que a situação também não agradou em nada a torcida da Raposa, que foi diretamente para as redes sociais reclamar da decisão da diretoria. Como Fábio já foi peça fundamental em diversas partidas e decisões, sua saída dessa forma revoltou alguns torcedores, que cravaram que no futuro, o Cruzeiro vai se arrepender da decisão. Confira as reações:


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!