Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » CRUZEIRO

Torcedora-símbolo do Cruzeiro diz que não foi agredida e contradiz registro da PM

Dona Salomé, de 86 anos, nega que foi agredida durante confusão e contradiz versão do boletim de ocorrência registrado pela PM

Gabriela Santos Publicado em 05/12/2019, às 16h36

Dona Salomé nega que foi agredida por atleticanos
Dona Salomé nega que foi agredida por atleticanos - Reprodução/ Internet

Na tarde desta quarta-feira, 4, Maria Salomé da Silva, torcedora-símbolo do Cruzeiro, negou que foi agredida por atleticanos enquanto saía de uma partida de vôlei da equipe celeste, na última terça, pelo Mundial de Clubes Masculino, em Betim, Região Metropolitana.

Dona Salomé, de 86 anos, afirmou ao GloboEsporte.com que não foi vítima de agressão.

“Nunca nenhum atleticano me agrediu. Não aconteceu nada disso - disse ela, contradizendo a versão registrada pela Polícia Militar no boletim de ocorrência”, disse ao portal. 

Segundo o boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, membros de uma torcida organizada do Atlético-MG abordaram os torcedores cruzeirenses na saída do ginásio poliesportivo. Os integrantes chegaram em três carros e desferiram pauladas contra Dona Salomé e uma jovem de 15 anos. A adolescente chegou a desmaiar e ter convulsões.

Dona Salomé disse que caiu durante a confusão por causa de uma bolsa pesada que carregava e acabou se desequilibrando. A idosa foi levada para a UPA Norte, unidade de pronto atendimento, após reclamar de dores.

A Prefeitura de Betim registrou que a "paciente Maria Salomé da Silva, de 86 anos, deu entrada no dia 3 de dezembro, às 23h09 (de Brasília), vítima de agressão. E que foi atendida pela equipe de cirurgia e recebeu alta às 00h15".

“Eu acompanhei a moça que estava caída no chão. Só vi o corre-corre”, disse Dona Salomé.
A jovem torcedora de 15 anos segue em observação na UPA Norte, em Betim. O registro da PM diz que as agressões foram contidas pelos próprios cruzeirenses e que os atleticanos fugiram do local.

Após o episódio, o Cruzeiro anunciou que irá reforçar a segurança do local. Pelo Twitter, o clube publicou um vídeo de Salomé trabalhando na sede da Raposa. A torcedora-símbolo afirmou que voltará ao ginásio nesta noite para torcer para o time.

"O Sada Cruzeiro repudia qualquer forma de violência e lamenta profundamente a agressão sofrida por alguns torcedores, após deixarem o ginásio de Betim, na noite dessa terça-feira. Entre eles estava nossa querida Salomé, que está passando neste vídeo improvisado para tranquilizar a todos e dizer que está tudo bem com ela. E ela garante que estará de novo hoje no Divino Braga! A equipe está acompanhando o caso e foi solicitado um reforço na segurança no entorno do ginásio", escreveu na publicação.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!