Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / ACUSADO PELOS CRIMES

Torcedor do Internacional que invadiu o campo com a filha é indiciado

O torcedor do Internacional que invadiu o campo do Beira-Rio após a partida entre Inter e Caxias, foi indiciado por dois crimes contra um jogador do time visitante e um cinegrafista

Redação Publicado em 30/03/2023, às 13h21

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Torcedor do Inter foi indiciado por dois crimes - Reprodução/Premiere
Torcedor do Inter foi indiciado por dois crimes - Reprodução/Premiere

O torcedor do Internacional que ganhou a cena após a partida entre a equipe do Beira-Rio e o Caxias, invadindo o campo e agredindoum jogador do clube adversário e um cinegrafista, foi indiciado por dois crimes pela polícia de Porto Alegre. As autoridades classificaram os atos como lesão corporal e invasão de campo.

O episódio ocorreu logo após o término da disputa de pênaltis entre Inter e Caxias, resultando na eliminação do Colorado do Campeonato Gaúcho de 2023 nas semifinais. Após a decisão, os jogadores do time visitante fizeram provocações e foram comemorar com a sua torcida presente no estádio, gerando revolta nos torcedores do Inter.

O inquérito foi aberto na 2ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre pelos dois crimes que o torcedor cometeu. Ainda existe uma outra denúncia envolvendo a filha do homem, que estava com ele durante todo o ocorrido e correu risco de se machucar caso algum dos agredidos decidisse revidar e acabasse acertando a menina por acaso.

De acordo com o agressor, o motivo dele invadir o campo com a sua filha pequena era porque a torcida do Internacional havia começado um pequeno tumulto e a porta de acesso para o campo foi aberta por um segurança do clube, assim, o homem decidiu entrar no gramado para proteger a pequena torcedora das agressões.

Provocação de wesley Pomba deu início a toda confusão após o jogo - Reprodução/Premiere

Entretanto, após investigações da Polícia, ficou claro que o torcedor entrou em campo por espontânea vontade e sem autorização, mesmo com a porta que liga a arquibancada ao gramado estando aberta. Além disso, os atos cometidos pelo suspeito não condizem com a sua defesa, já que foi claro que ele agrediu um jogador do Caxias.