Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » DEU SAUDADE!

Tite relembra momento dos bastidores da conquista do título mundial do Corinthians: "Extraordinário"

Conquista Alvinegra completa oito anos nesta quarta-feira, 16

Redação Publicado em 15/12/2020, às 15h15

Tite relembra momento dos bastidores da conquista do título mundial do Corinthians
Tite relembra momento dos bastidores da conquista do título mundial do Corinthians - GettyImages

Nesta quarta-feira, 16, o segundo título mundial do Corinthians completa oito anos. Para esquentar as comemorações, o técnico Tite participou do programa "Seleção SporTV" e relembrou dos bastidores da conquista Alvinegra.

 

A vitória por 1 a 0 sobre o Chelsea com o gol de cabeça de Guerrero aconteceu durante a disputa de 2012 e ficou marcada pela invasão dos corintianos no Japão, local da decisão.

"Na derrota para o Tolima (na Copa Libertadores) eu me via fora do Corinthians. E apostar em uma ideia de futebol e num trabalho de continuidade com toda a direção do Corinthians, com o Andrés e com todo o estafe que o clube tinha, me proporcionou um desenvolvimento de trabalho pra desenvolver competências e conquistar um título extraordinário", disse antes de completar.

"Me lembro de uma palestra dois dias antes do confronto contra o Chelsea. O Fábio Santos e o Alessandro colocaram pra mim dois momentos que foram emblemáticos: "Eu lutei a minha vida toda pra chegar nesse momento e ninguém vai dizer pra mim se pode ou se não pode. Nós queremos e vamos fazer o nosso melhor lá dentro. Eles vão ter que fazer mais que a gente." E conversando com o Alessandro esses tempos ele me colocou que o intervalo, pra ele, foi extraordinário. No intervalo, eu fiz um ajuste tático de que o Guerreiro e o Sheik tinham que tirar a saída do Lampard e poderiam deixar um pouco o Ramires sair, que tinham que tirar o David Luiz e que poderiam eixar o Cahill sair, mas que David Luiz e Lampard não poderiam fazer a iniciação da jogada. E o Alessandro falou que não foi isso, mas sim a forma e a entonação da voz com que eu falei que o Corinthians poderia ser campeão no intervalo", contou.

Tite também relembrou um episódio curioso. Na preleção do jogo, ele pediu para que algum de seus atletas desse uma caneta no lateral-direito Ivanovic e isso acabou acontecendo no segundo tempo, com Danilo aplicando o drible.

"Existem alguns gatilhos que a gente usa pra encorajar o atleta. Na palestra, eu perguntei qual era o melhor marcador do Chelsea, e me responderam que era o Ivanovic. E eu falei: o primeiro que for enfrentar eu quero uma caneta. Aí o Danilo dá a caneta. No outro dia estamos viajando, o Danilo tá do lado e eu digo: 'Danilo, eu falei que era pra dar caneta, mas não perto da nossa área!'. Aí ele me olhou, deu uma risadinha e falou: 'Ah, ele abriu a perna e eu dei a caneta ali mesmo, azar'", lembrou.

Ao longo de três passagens, Tite comandou o Corinthians em 378 jogos, conquistando a Libertadores e o Mundial, em 2012, dois Brasileiros (2011 e 2015), além do Paulistão e da Recopa Sul-Americana em 2013.


 
 
 
 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!