Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » SELEÇÃO BRASILEIRA

Tite reconhece falhas da Seleção Brasileira: "Faltou efetividade para fazer o gol”

O Brasil empatou com a Nigéria em 1 a 1 e soma quatro partidas, consecutivas, sem vencer

Gabriela Santos Publicado em 13/10/2019, às 17h24

Tite fala sobre desempenho da Seleção Brasileira
Tite fala sobre desempenho da Seleção Brasileira - Getty Images

A Seleção Brasileira empatou em 1 a 1 com a Nigéria, na manhã deste domingo, 13, no Estádio Nacional de Singapura. O resultado representa a quarta partida, consecutiva, sem vencer do técnico Tite, que definiu o placar como “resultado insuficiente”.

Em entrevista coletiva, o comandante da amarelinha falou sobre o desempenho durante o jogo, e reconheceu que a seleção ainda tem que melhorar.

"O resultado foi insuficiente. Em matéria de resultado, a Seleção brasileira sempre quer vencer e busca vencer. Mas, principalmente no segundo tempo, tivemos um grande desempenho. Tivemos posse de bola e criatividade. Não adianta ter posse de bola sem criar, mas criamos. Faltou efetividade para fazer o gol”, afirmou o treinador.

Desde o título incontestável da Copa América, a Seleção Brasileira não venceu uma partida das quatro que fez. Foram empates sem muita emoção contra Colômbia, Senegal e Nigéria, e ainda uma derrota para o Peru.

Tite se justificou dizendo que a equipe nacional passa por um processo de ajustes, e por isso que a seleção tem errado nas últimas partidas.

"Vivemos em função de resultado, e às vezes a ótica é essa. Existe um processo, inclusive de erro, de ajuste tático da equipe. O que não pode é (continuar tropeçando) competição oficial. Mas agora, é do jogo. Crítica tem que saber ter maturidade para receber”, esclareceu.

O treinador ainda falou sobre a pressão que é vencer e entregar resultados bons.

"Eu sei que tenho a pressão do resultado, mas só se consegue fazer jogos preparatórios, não amistosos, se você deixar o campo falar. Por exemplo, o (Renan) Lodi jogou muito. Jogou muito. Então tivemos a possibilidade de ter um jogador mais agressivo pelos lados e ter mais um no hall de jogadores da equipe”, concluiu.

O calendário de 2019 da Seleção Brasileira ainda conta com mais dois jogos. Argentina e Coreia do Sul são os próximos adversários do Brasil no mês de novembro. Os locais e datas serão confirmados pela CBF.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!