Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

E agora, Tite? Ex-Grêmio e Fluminense pode jogar pela Espanha

Sem espaço com Tite, ex-Grêmio e Fluminense recebe sondagens para jogar pela Espanha

Redação Publicado em 01/07/2021, às 18h31 - Atualizado às 18h51

Caio Henrique, ex-Grêmio e Fluminense, não tem espaço com Tite e pode reforçar a Espanha - Lucas Uebel / Grêmio
Caio Henrique, ex-Grêmio e Fluminense, não tem espaço com Tite e pode reforçar a Espanha - Lucas Uebel / Grêmio

A Seleção Brasileira tem grandes opções para a lateral esquerda e parece ser um setor em que Tite praticamente definiu quem serão os seus homens de confiança para a posição. Apesar de Renan Lodi e Alex Sandro estarem estabilizados com o treinador, Caio Henrique, ex-Grêmio e Fluminense, tem se destacado na Europa e pode acabar sendo reforço para a Espanha

 

De acordo com informações do site "Globo Esporte", que entrevistou o representante do atleta, Caio Henrique recebeu sondagens de dirigentes da Seleção Espanhola. Por ter jogado no Atlético de Madrid e morado no país por três anos, o jogador se tornou cidadão espanhol e não descarta defender as cores da Espanha. 

"Realmente existe o contato (com Federação Espanhola) e acredito que seja muito normal e natural por se tratar de um jogador como o Caio Henrique, que possui passaporte espanhol desde o ano passado, é identificado com o país, pois acabou sua formação como atleta no Atlético de Madrid", afirmou Lecca De Camargo. 

Caio Henrique, que no Brasil atuou por Grêmio e Fluminense, se destacou na última temporada com a camisa do Mônaco. O lateral foi um dos principais jogadores da equipe francesa e vem despertando o interesse de diversos clubes europeus. Sem espaço com Tite na Seleção Brasileira e também fora da lista de André Jardine para Tóquio, o lateral tem a Espanha como opção. 

Mesmo assim, o representante de Caio Henrique deixa claro que o jogador não descarta defender as cores do Brasil num futuro próximo. Lecca De Camargo relembrou que o lateral esquerdo sempre atendeu aos chamados canarinhos e isso deve continuar acontecendo. 

"O momento dele é de foco total na volta ao Monaco para preparar a temporada da melhor forma possível e com a Champions League. A seleção olímpica é página virada e acredito que o Caio ajudou da melhor forma possível sempre que esteve servindo o país e digo isso desde sua primeira convocação em 2016, na seleção sub-20", concluiu.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!