Sportbuzz
Testeira
Futebol / COMPLICADO

Tite detona VAR por cotovelada de Otamendi em Raphinha e dispara: "É impossível não ver"

Um dos lances mais polêmicos da partida entre Argentina e Brasil certamente foi a forma como Otamendi chegou em Raphinha, desagradando até mesmo Tite

Redação Publicado em 17/11/2021, às 07h19

Raphinha depois do lance com Otamendi que revoltou Tite - Lucas Figueiredo/CBF/Flickr
Raphinha depois do lance com Otamendi que revoltou Tite - Lucas Figueiredo/CBF/Flickr

Claro que um confronto entre Argentina e Brasil, como o que aconteceu na noite desta terça-feira, 16, dá polêmica, mas a envolvendo a cotovelada dada por Otamendi no lance com Raphinha deixou todos os brasileiros revoltados, inclusive o técnico Tite. Depois da partida, que ficou empatada, o comandante detonou o VAR por não fazer a marcação no lance.

 

"Vou tirar a máscara para falar e vou falar o que falei no vestiário para a arbitragem e vou assumir. O Cunha (Andres Cunha, árbitro que conduziu jogo) é um extraordinário árbitro. A qualidade técnica, um acompanhamento, percepções altíssimas, aspecto disciplinar muito alto e a arbitragem exigem uma boa equipe de trabalho. E quem está no VAR exige uma equipe muito alta", disse Tite antes de completar.

"E quem está no VAR é simplesmente impossível. Vou repetir. É IMPOSSÍVEL não ver a cotovelada no Otamendi no Raphinha. Quem quer ter isenção na análise é muito clara. Isso ia determinar o resultado do jogo? Não sei. Tradição, qualidade técnica dos dois, tudo bem. Mas o componente (arbitragem) tem de ser igual. De um trabalho para arbitro de alto nível de VAR eu não posso conceber. Estou falando isso porque sou educado", concluiu.

Polêmicas a parte, Tite considerou a partida entre as seleções uma "prévia" para os duelos que o Brasil terá na Copa do Mundo no Qatar, em 2022.

"Sim, partida de bom técnico das duas equipes. Com embates individuais, marcação posicional é o forte de ambas as equipes, alternância de domínio e controle...", apontou.

O jogo

No primeiro tempo, a Argentina tomou a iniciativa do jogo e tentou chegar com perigo. Aos sete, Di María arriscou finalização e mandou nas mãos do goleiro. Dois minutos depois, De Paul teve boa chance, mas perdeu a posse da bola.

Na resposta, o Brasil chegou aos 16 minutos. Após lançamento de Paquetá, Vinicius Jr saiu na cara do gol, mas optou por uma cavadinha e mandou para fora. Que isso, meu filho? Aos 18, Matheus Cunha arriscou do meio-campo e quase marcou um golaço.

Sumido no jogo, Messi tentou finalização na metade do primeiro tempo, mas acertou a marcação. Sem muitas chances claras de gol, o clássico começou a esquentar com entradas duras. Assim, Otamendi demonstrou sua principal característica diante do Brasil.

Aos 34, o zagueiro da Argentina deu uma cotovelada na boca de Raphinha e sequer levou cartão amarelo. Após revisão do VAR, o árbitro nem checou o lance. Polêmica nas Eliminatórias! Para fechar a primeira etapa, De Paul obrigou Alisson a fazer boa defesa. Intervalo!

Já no segundo tempo, o Brasil voltou a levar perigo no campo de ataque. Aos 14 minutos, Fred ficou com a sobra da defesa e mandou uma bomba no travessão. Aos 19, Vinicius Jr deu linda carretilha em Molina e passou para o meio da área, mas a jogada não deu em nada.

Com muita disputa, o clássico seguiu com poucas chances de gol. Aos, 22, Lo Celso tentou finalizar dentro da área, foi derrubado por Fred e pediu pênalti. Porém, o árbitro nada marcou para a Argentina. Mais polêmica!

Aos 26, o Brasil teve a melhor oportunidade para marcar. Após lindo passe de Danilo, Vinicius Jr recebeu livre, mas optou por mais um corte na marcação e bateu fraco nas mãos do goleiro. O 'Malvadeza pecou de novo!'

Com o mesmo cenário da maior parte do jogo, o clássico entre Argentina e Brasil seguiu muito nervoso. Aos 30, Antony e Acuña se estranharam e levaram cartão amarelo. Com poucas chances de gol, a partida continuou em ritmo lento.

Já sem as mesmas chances criadas no campo de ataque, o Brasil soube se defender e evitou o gol de Messi já aos 44 minutos após boa defesa de Alisson.  0 a 0. Fim de papo! Com o resultado, a equipe de Tite chegou aos 35 pontos e se manteve na liderança das Eliminatórias.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!