Sportbuzz
Testeira
Futebol / COMPLICADO

Tite dá sua opinião sobre declaração de Neymar e sai em defesa do jogador: "Temos de respeitar o lado do sentimento de cada um"

Tite contou ainda que conversa com Neymar sobre a situação dele dentro da seleção, e como ele é importante para a equipe

Redação Publicado em 14/10/2021, às 09h18

Tite abraçando Neymar - GettyImages
Tite abraçando Neymar - GettyImages

Em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira, 12, o técnico Tite deu a sua opinião sobre a recente declaração de Neymar, de que a Copa do Mundo de 2022, no Catar, pode ser a última da carreira do atacante, que não sabe se "terá cabeça" para continuar no futebol.

Tite deixou claro que sempre conversa com o jogador, contando que ele é importante para todo o elenco da Seleção Brasileira.

"Converso com o Neymar a respeito da posição, função, situações importantes, da alegria dele na equipe, de ele ser um jogador que tem espaço criativo importante. De ele vir para a seleção e desfrutar da melhor condição possível", disse antes de completar.

"Têm tantos outros aspectos importantes e assertivos, e respeitar o lado do sentimento e humano de cada um. Essas situações são normais e particulares de cada um. Temos trabalho forte, direcionado, jogar bem, acertos, erros", concluiu.

O desabafo de Neymar

A Copa do Mundo de 2022 pode ser a última de Neymar com a Seleção Brasileira, foi o que afirmou o camisa 10 em entrevista à "DAZN". O atacante revelou que não sabe se "terá condições de aguentar o futebol" após o Mundial do Catar.

Hoje com 29 anos, o jogador do PSG terá 34 na Copa do Mundo de 2016, que será disputada nos EUA, Canadá e México.

"Acho que é minha última Copa do Mundo (2022). Eu encaro como a minha última porque não sei se terei mais condições, de cabeça, de aguentar mais futebol. Então vou fazer de tudo para chegar muito bem, fazer de tudo para ganhar com meu país. Para realizar o meu sonho desde pequeno e espero poder conseguir", afirmou o atacante.

Neymar fez sua estreia na seleção em agosto de 2010, época que ainda defendia o Santos. Com a amarelinha, foram 114 jogos e 69 gols, se tornando o segundo maior artilheiro do Brasil, atrás de Pelé. De acordo com a Fifa, são 77 gols do Rei, enquanto a CBF registra 95 bolas na rede.

O atual camisa 10 da Seleção Brasileira tem o título da Copa das Confederações de 2013. Pela seleção olímpica, foi campeão na Rio 2016, além do Sul-Americano Sub-20, em 2011.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!