Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » ENTREVISTA!

Thiago Neves abre o jogo e comenta sobre polêmica demissão de Ceni: "A culpa não foi só minha, foi do Rogério também"

Meia confessou que tem tomado remédios para dormir e afirmou que esse é o pior momento de sua carreira

Guilherme Assumpção Publicado em 15/10/2019, às 18h31

Thiago Neves se defendeu das acusações que vem sofrendo
Thiago Neves se defendeu das acusações que vem sofrendo - GettyImages

Após ficar afastado das coletivas de imprensa, o meia Thiago Neves abriu o jogo e comentou sobre os últimos acontecimentos na equipe mineira. Nesta terça-feira, 15, Thiago concedeu entrevista coletiva na Toca da Raposa II, afirmou que vive o pior momento de sua vida e confessou estar tomando remédios para dormir.

“Ultimamente, estou ficando mais quieto, no meu quarto, vendo vídeos do meu marcador. Agora, vendo vídeos de como o São Paulo joga, que é uma forma nova de jogar. (...) É me concentrar no que eu tenho que fazer, no que o Abel está pedindo, no que os jogadores vão precisar dentro de campo. Estou sendo assim nas concentrações, tendo até que, algumas vezes, tomar remédio para dormir, para tentar relaxar e fazer um bom jogo”, falou o importante jogador do time mineiro.

A polêmica demissão de Rogério Ceni também foi assunto na coletiva. O jogador e o treinador trocaram farpas na imprensa e Thiago Neves foi acusado de ser o responsável pela saída de Ceni da Raposa. O meia negou que foi ele quem motivou a demissão do técnico e afirmou que os dois profissionais têm culpa no episódio que aconteceu.

“Claro que dói. Incomoda, porque muitas coisas que estou vendo, estão me culpando pela demissão do Rogério, e eu não fiz isso, não faço isso. Acho que ele mesmo cometeu os erros dele, eu cometi os meus, fui humilde, pedi desculpas para ele na sala dele. Muita coisa que eu leio, incomoda principalmente do torcedor colocando a culpa em mim, ainda mais neste momento complicado que a gente vem passando. Queria até pedir para pararem, porque a culpa não foi só minha, foi do Rogério também", se defendeu.

O meio-campista comentou, ainda, sobre o momento vivido pelo clube mineiro. Para ele, o empate com a Chapecoense foi um duro golpe na tentativa da Raposa de sair da incômoda zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

“É difícil, porque a forma como foi em Chapecó foi um baque para a gente, quando o juiz validou o gol da Chape. Muitos viram a reação do Dedé. Não vou citar nomes, mas três ou quatro jogadores choraram no vestiário. O sentimento é este quando você não ganha”, declarou Thiago Neves.

Em outro momento da entrevista, o atleta afirmou que não tem conseguido brincar com seu filho por conta da fase dos mineiros. “Você não consegue dar uma risada, não consegue brincar com seu filho. É um sentimento muito ruim, onde o que todo mundo faz no momento é chorar", confessou o brasileiro.

A próxima tentativa do Cruzeiro para tentar retomar o caminho das vitórias acontece nesta quarta-feira, 16. O duelo será contra o São Paulo, no Mineirão, às 21h (horário de Brasília). O time ocupa a 18ª posição no Brasileiro, com 22 pontos conquistados em 25 rodadas.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!