Sportbuzz
Testeira
Futebol / BOTAFOGO

Tchê Tchê é apresentado no Botafogo: “Estou preparado”

Novo volante do Botafogo, Tchê Tchê falou sobre humildade, relação com Patrick de Paula e expectativas dentro do clube; jogador vestirá a camisa 6

Redação Publicado em 18/04/2022, às 14h31

Tchê Tchê, novo camisa 6 do Botafogo - Vitor Silva/Botafogo/Flickr
Tchê Tchê, novo camisa 6 do Botafogo - Vitor Silva/Botafogo/Flickr

Nesta segunda-feira, 18, o Botafogo anunciou Tchê Tchê, de maneira oficial, como um de seus novos reforços na temporada. O volante já teve passagens por grandes times do atual cenário nacional, como Palmeiras, São Paulo e Atlético-MG. O jogador, que vestirá a camisa 6 do time carioca, tem contrato previsto até o fim de 2024.

“Sinto um privilégio por estar aqui. As coisas estão caminhando por uma mudança bem grande”, afirmou. Tchê Tchê também revelou que vê o Botafogo como um clube “grande, pela história”. O jogador já participou de seu primeiro treino com o resto do elenco na última quinta-feira, 14. No último domingo, 17, a equipe derrotou o Ceará por 3 a 1 na Série A do Brasileirão.

 

CANAL - SPORTBUZZ:

“É um clube de tradição, clube grande, meu desafio é conseguir títulos do tamanho do Botafogo”, pontuou. “Há profissionais muito qualificados aqui. Chego da melhor maneira aqui, muito confiante. Contente de ter conquistado tudo, menos a Libertadores, no ano passado”. O volante também reforçou que manter os pés no chão é um de seus principais valores dentro da carreira.

“Meu segredo é a humildade. Falo no momento certo, trabalho bastante, fico sempre analisando, procurando como posso ajudar com atitudes mais do que palavras. Podem cobrar minha entrega total dentro do campo. Vim do nada, sei como é”, explicou. “Nunca passei fome, tive muita dificuldade quando era pequeno. Respeito todo mundo como pessoa, desde quem limpa o gramado até quem faz a comida. Esse é o grande segredo”.

Botafogo apresenta Tchê Tchê
Tchê Tchê em apresentação do Botafogo (Créditos: Vitor Silva/ Botafogo/Flickr)

 

Sobre a relação com o também ex-Palmeiras e futuro colega, Patrick de Paula, Tchê Tchê abriu o jogo: “Até fiz uma brincadeira com ele no primeiro dia que cheguei. Mandei áudio pra ele e disse ‘Patrick, o pessoal do Botafogo me deu a camisa número 8’. E ele mandou mensagem dizendo que estava tranquilo, mas depois mandei um vídeo pra ele, feliz pelas conquistas e sucesso no Palmeiras por ele. Espero que a gente consiga isso aqui”.

O volante aproveitou para destacar que não se sente pressionado diante da chegada ao Fogão: “Não vejo como responsabilidade pesada, mas legal. Mostra que trabalho bem, sou uma pessoa bem séria. Sei brincar no momento certo e ser sério também em qualquer situação. Venho de clube que tem ganhado tudo. Agora vamos lutar para as coisas acontecerem aqui. A história do Botafogo é gigante, só falta a gente retomar o caminho dos títulos"


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!