Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » ADEUS!

Tardelli dá adeus ao Atlético-MG e se emociona em discurso: "O meu ciclo acaba hoje, mas minha história não será apagada"

Tardelli acertou a sua saída do Atlético-MG recentemente depois de uma jornada vitoriosa pelo clube mineiro

Redação Publicado em 30/05/2021, às 16h57

Diego Tardelli se despede do Atlético-MG
Diego Tardelli se despede do Atlético-MG - GettyImages
Neste domingo, 30, além da derrota para o Fortaleza por 2 a 1, os torcedores do Atlético-MG também tiveram que lidar com a despedida de DiegoTardelli do clube. Com a camisa de jogo do Galo, o jogador caminhou sozinho em direção a um dos gols do estádio. Por lá, parou, observou e se despediu. 
 
 
Tardelli foi apenas espectador da derrota de virada do Galo diante do Fortaleza, nesta manhã, pela estreia do Campeonato Brasileiro, mas não há tropeço capaz de cancelar a importância da despedida.
 
"Você entra no hall dos grandes ídolos do Atlético", sentenciou o presidente SérgioCoelho
 
"O meu ciclo acaba hoje, mas minha história não será apagada. Quero, daqui dois, três anos, quando eu encerrar a minha carreira, estar ao lado da Massa, pois foram fundamentais na minha trajetória. Sentirei muita saudade", disse o jogador.
 
Aos 36 anos, o contrato do jogador com o Galo chega ao fim oficialmente nesta segunda-feira, 31. Ele já recebeu as primeiras sondagens para continuar a carreira em outro clube.
 
No Atlético-MG, foram 230 jogos e 112 gols, vários títulos, entre eles, o da Copa Libertadores 2013 e da Copa do Brasil 2014. Este último, com gol contra o Cruzeiro na finalíssima, justamente na mesma trave em que se despediu sozinho neste domingo.
 
"Você está no hall dos grandes ídolos que o Atlético já teve. Me sinto honrado em homenageá-lo. A dor do atleticano é grande. Mas, viemos te homenagear para diminuir isso um pouco, nos conforta. Desejo muito sucesso e que você continue prestando serviços ao futebol", declarou o presidente.
 
 
Tardelli ainda recebeu uma camisa especial do Atlético, com o número 112. Se despediu em discurso via sistema de som do Mineirão, com seus (ex)companheiros de vestiário à sua frente.
 
Abraço em cada um, também na comissão técnica comandada por Cuca, seu treinador nos tempos de São Paulo, Galo e China. O jogador ainda levou para casa uma placa de agradecimento pelo serviço prestado.
 
"Sou grato a tudo que vivi aqui, pelos títulos, pelos gols. Pela história que criei aqui dentro. Um clube gigante. E saio como ídolo. Não tem preço", finalizou.

 

 

 
 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!