Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » DE VOLTA!

Taison abre o jogo sobre retorno ao futebol brasileiro: “O momento certo de voltar”

Craque foi vítima de racismo e passou por uma situação desagradável na Ucrânia

Pedro Ungheria Publicado em 12/01/2020, às 13h42

Atacante brasileiro ficou incomodado com uma situação que passou
Atacante brasileiro ficou incomodado com uma situação que passou - GettyImages

Taison teve seu nome fortemente nos holofotes das mídias no ano que passou. O brasileiro foi vítima de uma sequência de atos racistas por parte de torcedores durante uma partida do Campeonato Ucraniano. Depois disso, o atacante mostrou que não tem deixado de cogitar o retorno ao Brasil.

Durante uma entrevista exclusiva para o Esporte Espetacular, o craque brasileiro afirmou que a tristeza de ter passado por algo que nunca pensou em passar na vida fez com que ele refletisse um pouco mais sobre questões raciais, afinal, depois disso abriu os olhos, ainda mais, para questões tristes que as pessoas passam, assim como ele.

“Passei por um momento muito difícil, uma coisa que pensei que nunca passaria na vida. E não sou só eu quem passo. Muitas pessoas passam por isso no dia a dia. Não sou maltratado na Ucrânia. Sou muito bem tratado por sinal. Estou há dez anos lá. Já tive proposta para ir embora, e o clube não me liberou. Então eu sinto que eles gostam bastante de mim. Mas aquele foi infelizmente foi o momento mais difícil da minha vida. Foi o momento que mais senti, e é algo que eu espero que ninguém passe mais”, disse ele.

Questionado sobre como o fato pode ter influenciado em sua vontade de voltar ao Brasil, ele, que é natural de Pelotas e deixou o Internacional de Porto Alegre em 2010, afirmou que está disposto a reescrever sua história no clube brasileiro, afinal, tem motivos de sobra para isso.

Acho que é o momento certo de voltar. Cumpro meu contrato este ano. Tive propostas o ano passado. O Milan ofereceu 30 milhões de euros, mas não me liberaram. Só que eu já falei para eles que este ano eu não vou mais renovar o contrato. Acaba este ano, e eu vou voltar para perto da minha casa, para perto da minha filha, que tem 12 anos, e eu não a vejo. Não passo aniversário com ela. Então está na hora de eu focar um pouco mais na minha família também. Focar, voltar para o Brasil, porque é muito tempo longe”, continuou.

Mesmo com muitas propostas, até mesmo de clubes brasileiros, o craque disse que sua preferência é, e sempre será, o Internacional, time que o revelou para o mundo esportivo.

“Vai sempre ser, porque foi um clube que me deu tudo. Eu saí do Progresso em 2005 na base e fui para o Inter. Foi o clube que me fez chegar ao profissional, me fez chegar à Europa. Então, no máximo, eu tenho que ter uma gratidão pelo clube, e é isso que eu vou ter. Mas não vai depender só de mim. Eu não sei como é que vai ser daqui até o ano que vem”, finalizou.


5 itens que todo torcedor do Internacional precisa ter

1- Toalha de Banho Internacional - https://amzn.to/2JeyADX

2- Caneca Porcelana Internacional - https://amzn.to/2W9Jct5

3- Os Dez Mais do Internacional - https://amzn.to/33R9Byp

4- Jogo Caneta Roller Ball de Metal com Chaveiro Internacional - https://amzn.to/2MBKYQp

5- Taça Cerveja Internacional - https://amzn.to/2PbxInm

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!