Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Suárez faz revelação bombástica sobre problemas internos do Barcelona; confira!

Suárez fez história no Barcelona, mas acabou sendo liberado pela equipe em 2020

Redação Publicado em 30/09/2021, às 13h05

Suárez revela ambiente caótico do Barcelona - Getty Images
Suárez revela ambiente caótico do Barcelona - Getty Images

Hoje no Atlético de Madrid, Luis Suárez revelou situação interna do Barcelona, que acaba deixando os jogadores desconfortáveis. O atacante teve uma passagem de pouco mais de seis anos no clube catalão e saiu de forma conturbada.

Em entrevista ao jornal "Sport", o atacante do Colchoneros e da seleção do Uruguai revelou que passou por algumas situações desconfortáveis antes de sua saída.

O jogador contou que, antes de deixar o Barcelona, o treinador Ronald Koeman havia dito que não ele não estaria em seus planos, mas quando ele estava quase fechando sua ida para o Atlético, o comandante teria avisado que, se não desse certo, ele contaria com o atacante para o jogo seguinte da liga.

Suárez não entendeu o porquê do treinador ter voltado contra sua própria palavra e, na entrevista, disparou: "Acho que se ele tem tanta personalidade, se ele tem tanta autoridade, ele me mostrou algo diferente."

"Ele me mandava treinar à parte, em campo reduzido, como se eu tivesse 15 anos. Me doeu, me incomodou, chegava em casa chorando de desprezo. Eu não faltei com respeito em nenhum momento. Treinava, sem nenhuma cara ruim, porque sou um profissional. Eu buscava a melhor solução", revelou.

 

Quando foi perguntado quem, entre Koeman e Josep Maria Bartomeu, ele apontava como responsável por sua saída tempestuosa do Barcelona, o jogador foi direto. 

"É uma mistura. Eu disse isso na temporada passada. [...] Digo que foi uma mistura porque o presidente (Bartomeu) estava relatando, filtrando que Suárez era ruim para o vestiário, que isso e aquilo. Eu vi tudo uma semana antes de voltar a treinar e depois Koeman me ligou. Me doeu", revelou.

Suárez define a situação interna como uma grande tensão entre Koeman e Laporta, dizendo:

É uma guerra separada que está prejudicando os jogadores, revelou Suárez.

Suárez e os Colchoneros se preparam para enfrentar o Barcelona no próximo sábado, 2, um jogo após os Culés serem atropelados pelo Benfica em partida da Champions League.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!