Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » na súmula

STJD recomenda que árbitros relatem homofobia em súmula

O órgão também recomenda que clubes façam medidas preventivas

SportBuzz Digital Publicado em 19/08/2019, às 18h58

None
Felipe Bevilacqua, procurador-geral do STJD (Crédito: Divulgação/CBF)

O STJD, Superior Tribunal de Justiça Desportiva, emitiu um comunicado na tarde desta segunda-feira, 19, recomendando aos árbitros que relatem na súmula episódios de homofobia em partidas regidas pela CBF.

O órgão de justiça também mandou um comunicado aos clubes para que façam medidas socioeducativas como forma de prevenção, também.

Com essa nova recomendação, o julgamento por atos homofóbicos serão mais rápidos, porque estará na súmula. Atualmente, para um caso ser julgado sem que fosse relatada pelo árbitro, teria que haver uma denúncia de um procurador do STJD.

A Seleção Brasileira já foi punida por gritos homofóbicos em partidas das eliminatórias. O caso mais recente foi na estreia da Copa América, contra a Bolívia.

O comunicado foi assinado pelo procurador-geral Felipe Bevilacqua.

(Veja abaixo o comunicado na íntegra)

"RECOMENDA-SE:


Que a partir desta data os árbitros, auxiliares e delegados das partidas relatem na súmula e/ou documentos oficiais dos jogos a ocorrência de manifestações preconceituosas e de injúria em decorrência de opção sexual por torcedores ou partícipes das competições, devendo os oficiais das partidas serem orientados da presente recomendação, bem como, cumpram todas as determinações regulamentares aplicáveis em vigor;


Que os Clubes e Federações realizem campanhas educativas junto aos torcedores, atletas e demais partícipes das competições com o fim de evitar a ocorrência de infrações desta natureza, o mais breve possível.”.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!