Sportbuzz
Testeira
Futebol / EUROCOPA!

No sufoco, Espanha bate Suíça nos pênaltis e avança na Eurocopa

Sommer fez grande partida e ajudou a Suíça, mas foi a Espanha quem avançou na Eurocopa

Redação Publicado em 02/07/2021, às 13h38 - Atualizado às 15h43

Espanha e Suíça se enfrentaram pela Eurocopa e fizeram partida tensa - GettyImages
Espanha e Suíça se enfrentaram pela Eurocopa e fizeram partida tensa - GettyImages

A Espanha até chegou a abrir o placar, mas a Suíça mostrou uma força fora do normal para empatar e levar a partida para as penalidades. A equipe, por sinal,  jogou com um a menos e só conseguiu o resultado, pois Sommer teve uma atuação espetacular e operou grandes milagres, principalmente em chutes de Gerard Moreno. 

Com ambas buscando a classificação para a semifinal da Eurocopa, a partida foi para os pênaltis com o empate de 1 a 1 no tempo regulamentar. Nas cobranças quem levou a melhor foram os espanhóis, que contaram com Oyarzabal inspirado para se classificar no torneio. 

COMO FOI O PRIMEIRO TEMPO?

A primeira etapa não teve muitas emoções, mas pelo menos teve gol e foi da Espanha. A Fúria colocou o seu favoritismo à prova contra a Suíça e conseguiu sair com a vitória nos 45 minutos iniciais. Não demorou muito para que os espanhóis abrissem o placar e foi logo na primeira finalização da equipe de Luis Enrique. 

Depois de uma cobrança de escanteio, vinda da direita, a defesa suíça rebateu para a entrada da área e Jordi Alba bateu de primeira. A bola não parecia que iria levar muito perigo para Sommer, porém o chute desviou em Zakaria e morreu no fundo das redes. 1 a 0. 

Com o gol da Espanha, esperava-se que a Suíça respondesse à altura e proporcionasse um confronto agitado na etapa inicial. No entanto, não foi bem isso que aconteceu e o time de Shaqiri não proporcionou nenhum lance de perigo para a meta de Unai Simón. 

Enquanto isso, os espanhóis também não forçaram muito sua busca pelo segundo gol, porém conseguiram criar algumas chances em bolas paradas. Azpilicueta ficou perto de deixar sua marca numa cabeçada, além dele Koke também ofereceu perigo para a meta de Sommer num cobrança de falta, que passou perto do travessão. 

E O SEGUNDO TEMPO?

A segunda etapa foi totalmente diferente e Espanha e Suíça começaram a se soltar mais e buscar o ataque. Precisando da vitória, os suíços tentaram sair mais do campo de defesa e também forçaram jogadas de bola parada para conseguir o gol salvador. Enquanto isso, os espanhóis buscaram ter a posse e também partir para cima dos rivais pelas laterais. 

Logo de cara, no primeiro minuto, Morata fez grande jogada individual pela esquerda e achou Dani Olmo livre na ala direita. O atacante lançou o companheiro de equipe, que dominou e encheu o pé. Sommer estava bem posicionado e agarrou a bola para evitar o segundo gol da Espanha. 

Além dessa chegada, a Fúria também foi para cima com Koke. Depois de um lindo lançamento de Laporte, Dani Olmo avançou pela direita e achou o meio-campista do Atlético de Madrid livre na área. O capitão da Seleção Espanhola tentou a cabeçada, mas pegou mal e finalizou para fora. 

Mesmo que a Espanha tenha chegado com perigo, quem também tentou balançar as redes foi a Suíça e em duas jogadas de bola na área. Na primeira, Shaqiri tentou surpreender Unai Simón e tentou um gol olímpico, mas o chute bateu na rede pelo lado de fora. Além disso, em outra cobrança do atacante, ele colocou na cabeça de Zakaria que saiu pela linha de fundo. 

A Suíça não desistiu de sua classificação para as semifinais da Eurocopa e foi para cima da Espanha. Numa saída em velocidade, a zaga espanhola se atrapalhou e saiu jogando errado com Pau Torres e Jordi Alba. Aproveitando o vacilo da dupla na grande área, Freuler invadiu a área, roubou a bola e tocou para Shaqiri, que apenas chutou para deixar tudo igual. 1 a 1. 

Depois de empatar o jogo, a Suíça ganhou ainda mais confiança e começou a pressionar ainda mais a Espanha. Enquanto isso, Luis Enrique pediu para que seus jogadores antecipassem as linhas e tentassem encurralar os rivais. A tentativa deu certo, mas a defesa adversária se mostrou forte. 

Aos 30 minutos, a partida ganhou um novo ingrendiente e foi dramático para a Suíça. Freuler deu uma forte entrada em Gerard Moreno e o juiz não pensou duas vezes em dar o cartão vermelho para o volante, que deixou o campo inconformado. 

Com um a menos a Suíça conseguiu segurar a Espanha, que não ofereceu muito perigo, apesar de ter ficado com o controle total da partida. Mesmo assim, o confronto ficou no 1 a 1 e foi para a prorrogação. 

COMO FOI A PRORROGAÇÃO?

A prorrogação foi movimentada, principalmente para o lado espanhol. A equipe tentou ter posse de bola e conseguiu. Além disso, implantou seu ritmo na partida e teve um grande volume de jogo. O time de Luis Enrique criou diversas oportunidades e fez Sommer trabalhar. 

Na primeira, o goleiro da Suíça apenas observou Gerard Moreno perder um gol inacreditável. O centroavante recebeu um lindo passe de Dani Olmo e ficou de frente para Sommer, porém finalizou para fora. Em seguida, num chute de fora da área, Jordi Alba encheu o pé e obrigou o arqueiro suíço a operar um milagre.

Mas essas não foram as únicas defesas de Sommer na prorrogação. O goleiro fez excelentes defesas em finalizações de Gerard Moreno, Dani Olmo e também em tentativas de outros jogadores da Seleção Espanhola. O goleiro foi determinante para levar a disputa para os pênaltis. 

 E OS PÊNALTIS?

Nas penalidades, Sommer até brilhou, porém a Suíça bateu mal as penalidades e a Espanha avançou para as semifinais da Eurocopa. 

QUEM AVANÇOU?

Com a vitória, a Espanha se classificou para as semifinais da Eurocopa e espera o ganhador de Itália e Bélgica para saber quem irá enfrentar no torneio. A partida vai ocorrer na próxima terça-feira, 6, no Wembley Stadium, às 16h (horário de Brasília).


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!