Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Simeone fala sobre 'falsidade' em aperto de mão ao fim do jogo e Klopp considera: "Somos pessoas emotivas"

Ao fim do confronto entre Atlético de Madrid e Liverpool, no mês passado, Simeone correu para o vestiário enquanto Klopp ia cumprimentá-lo

Redação Publicado em 03/11/2021, às 07h16

Simeone, treinador do Atlético de Madrid, e Klopp, treinador do Liverpool se cumprimentando - GettyImages
Simeone, treinador do Atlético de Madrid, e Klopp, treinador do Liverpool se cumprimentando - GettyImages

No mês passado, no confronto entre Atlético de Madrid e Liverpool, uma cena em especial chamou mais atenção do que o jogo em si. No apito final, Diego Simeone foi direto para os vestiários enquanto Jürgen Klopp chegava para cumprimentá-lo. Nesta terça-feira, 2, os comandantes se reencontram, e o assunto voltou a ser comentado por eles.

 

Tanto Simeone quanto Klopp foram questionados sobre o assunto quando deram entrevistas coletivas na véspera de um novo duelo, agora no Anfield, na quarta-feira, 3, às 17h (horário de Brasília). O treinador do Atlético de Madrid foi perguntado se mantém bom relacionamento com Klopp, e voltou a explicar que não gosta de cumprimentar os técnicos adversários ao fim do jogo por considerar o gesto uma "falsidade".

"Já expliquei depois do jogo e reitero: não cumprimento depois dos jogos porque as emoções dos técnicos são diferentes. Na Inglaterra, se entende como cavalheirismo, mas não concordo, porque não gosto de falsidade e sigo os sentimentos que tenho", disse antes de completar.

"Não conheço Klopp pessoalmente, mas é um grande treinador, valorizo o grande trabalho que fez onde esteve. Mas nunca saio opinando sobre os times dos outros porque tenho códigos, e os treinadores têm que se respeitar", concluiu.

Do outro lado, Klopp foi perguntado sobre a opinião de Simeone sobre os cumprimentos ao fim do jogo, e tentando não criar polêmica, fez elogios ao trabalho do colega à frente do Atlético.

"Não nos conhecemos muito bem, podemos ser amigos, mas não teremos a oportunidade porque não nos conhecemos muito. É incrível o que está fazendo no Atlético e o tempo que tem lá. Sempre monta bons times, é impressionante. Quanto ao cumprimento, para mim não era necessário fazer o que fez, mas somos pessoas emotivas", apontou Klopp.

"Tudo bem, sem problemas. E se acontecer o mesmo, cumprimentaremos antes, e depois não sabemos. O importante são os 90 minutos do jogo, não se alguém cumprimenta ou não", concluiu.

Na oportunidade em que a cena ficou famosa, o Liverpool venceu o Atlético por 3 a 2 no jogo do dia 10 de outubro, em Madrid. O resultado deixou os Reds com boa vantagem, na liderança do Grupo B, com nove pontos somados, sendo cinco a mais que o Atletico de Madrid, que tem quatro, e está empatado com o Porto


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!