Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / SELEÇÃO FEMININA

Seleção Brasileira: Ary Borges abre o jogo sobre Pia Sundhage

Ary Borges, da Seleção Brasileira, foi sincera sobre a treinadora Pia Sundhage e o que o futuro reserva para o Brasil no futebol feminino; time disputa a Copa América no sábado, 9

Redação Publicado em 08/07/2022, às 12h38 - Atualizado às 12h40

Ary Borges, da Seleção Brasileira - Richard Callis/SPP/CBF/Flickr
Ary Borges, da Seleção Brasileira - Richard Callis/SPP/CBF/Flickr

A jogadora da Seleção BrasileiraAry Borges falou sobre Pia Sundhage e o seu trabalho como treinadora da equipe. A Canarinho entra em campo pela Copa América a partir do próximo sábado, 9, diante da Argentina. A meia, que também defende a camisa do Palmeiras, foi otimista em relação ao comando da sueca e prevê que o país verde e amarelo se mantenha como uma das grandes potências do futebol feminino.

“Eu acho que vem muito da receptividade das meninas que já estavam aqui, da própria Pia. Acho que ela passa muito essa tranquilidade para a gente que é mais nova. Ela adora esse jeito brasileiro da gente, de sempre estar dando risada e levar isso pra dentro de campo que é o mais importante. Ela trata isso como o nosso diferencial das outras seleções”, apontou Borges.

CANAL - SPORTBUZZ:

A camisa 17 ainda completou, projetando os próximos caminhos a serem seguidos pela equipe: “Acho que a gente tem entendido um pouquinho melhor a questão tática, e acho que o dia que a gente entender isso e colocar tudo isso em prática, na questão técnica somos uma das melhores do mundo. Acho que o dia que a gente conseguir mesclar isso bem, a gente vai ser uma das potências do futebol feminino, é o que eu torço”.

Sobre sua função no elenco de Pia, Borges se mostrou feliz pela confiança atribuída pela técnica com a titularidade. “Acho que hoje em dia me sinto cada vez mais confortável, cada hora ela me põe em uma posição e acho que me sinto bem jogando aqui. Como falei a gente tá criando um grupo muito coeso e isso que importa, não so eu, mas as outras meninas. Tá todo mundo se encontrando [...]”, destacou.

Pia Sundhage, técnica da Seleção Brasileira
Pia Sundhage, técnica da Seleção Brasileira (Créditos: Thaís Magalhães/CBF/Flickr)

COPA AMÉRICA

Nesta sexta-feira, 8, será iniciada a disputa pela Copa América Feminina de 2022, cuja decisão está prevista para o dia 30 de julho. Neste ano, o torneio será disputado na Colômbia, nas cidades de Cali, Bucaramanga e Armênia. O Brasil estreia diante da Argentina, no sábado, 9, às 21h (horário de Brasília). Após a frase de grupos, as eliminatórias definirão as classificadas do primeiro ao quinto lugar, entre dez equipes.

No Grupo A, se econtram: BolíviaChileColômbiaEquador e Paraguai. Já no grupo B, além da Seleção Brasileira, estão: Argentina, PeruUruguai e Venezuela. Os times de cada grupo se enfrentam entre si até o dia 21 de julho. Os dois melhores garantem um lugar nas Olimpíadas e vaga direta na Copa do Mundo; o 3ª classificado, assegura presença no torneio da FIFA e nos Jogos Pan-Americanos. Do 4º ao 5º lugar, o acesso ao mundial de futebol será pela repescagem.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!