Sportbuzz
Testeira
Futebol / REBAIXAMENTO!

São Paulo reduz risco de rebaixamento mesmo sem entrar em campo; veja números!

Mesmo sem entrar e campo no último final de semana, o São Paulo viu seu risco de rebaixamento diminuir após jogos de outros times; clube está na 14ª posição

Redação Publicado em 22/11/2021, às 18h20 - Atualizado às 18h34

São Paulo reduz risco de rebaixamento mesmo sem entrar em campo - Getty Images
São Paulo reduz risco de rebaixamento mesmo sem entrar em campo - Getty Images

O São Paulo não entrou em campo no último final de semana pelo Campeonato Brasileiro, mas mesmo assim viu suas chances de rebaixamento diminuírem graças aos resultados de outros clubes que brigam para não cair, como os empates de Bahia e Atlético-GO e a derrota do Juventude.

Segundo cálculos do site ‘Infobola’, o Bahia, que não saiu do empate sem gols com o Cuiabá no último domingo, 21, viu seu risco de rebaixamento subir para 46%. O Juventude, que perdeu para o líder Atlético-MG, tem 31% de chance de cair, e o Atlético-GO, que apenas empatou com o Ceará, soma 16% de chance de jogar a segundona no ano que vem.

 

 

Graças a esses resultados, o risco do São Paulo de terminar o Campeonato Brasileiro dentro da zona de rebixamento caiu para 8%.

Com a Chapecoense já rebaixada, restam três vagas para serem preenchidas no Z4 do Brasileirão. Além das equipes citadas, ainda lutam contra o rebaixamento: Sport (98%), Grêmio (78%), Santos (9%), Cuiabá (4%) e América-MG (1%).

O Tricolor Paulista (14º colocado) enfrenta o Athletico-PR nesta quarta-feira, 24, às 21h30, no Morumbi. Adversário direto na briga contra o rebaixamento, o Furacão, ocupa a 13ª posição da tabela e ainda possui 9% de chance de ser rebaixado.

GRÊMIO SEGUE BRIGANDO!

Apesar dos bons resultados recentes, o Grêmio segue em situação muito delicada para permanecer na primeira divisão do futebol brasileiro. Além de fazer sua parte, a equipe precisa contar com tropeços dos rivais para continuar lutando por uma vaga na Série A do Brasileirão.

Para tentar ajudar ainda mais os jogadores, a diretoria voltou a tentar a liberação dos torcedores junto ao STJD. Após uma invasão no gramado durante a partida contra o Palmeiras, a equipe segue proibida de ter o apoio da torcida jogando em seus domínios na reta final do Brasileirão.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!