Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

São Paulo é condenado a pagar quase R$ 6 milhões por dívida relativa a Kaká; saiba mais!

Clube paulista já iniciou o processo de acerto do valor depositando 30% e parcelando o restante em seis prestações

Redação Publicado em 13/04/2021, às 07h46

Kaká na época em que era jogador do São Paulo
Kaká na época em que era jogador do São Paulo - GettyImages
De acordo com o site "Globo Esporte", o SãoPaulo foi condenado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) a pagar quase R$ 6 milhões ao OrlandoCity por itens no contrato de empréstimo do ex-meia Kaká, em 2014.
 
A publicação destaca que o clube paulista já pagou 30% do valor, pouco mais de R$ 2,1 milhões, na semana passada e sugeriu dividir o restante da dívida em seis parcelas de R$ 621,7 mil, como previsto em lei. 
 
Ainda, o OrlandoCity precisa se manifestar sobre a proposta de parcelamento, o que ainda não aconteceu, até esse momento, cabe mais um recurso após a decisão do STJ.
 
A reportagem ainda destaca que o SãoPaulo confirmou que pagou os 30%, mas diz que ainda negocia com o Orlando o pagamento do restante, apesar de constar em petição, que os 70% serão pagos em seis parcelas.
 
O processo é antigo, já que o clube do Morumbi já tinha sido condenado pelo Tribunal de Justiça de SãoPaulo e recorreu ao Superior Tribunal. Em fevereiro, o caso transitou em julgado.
 
A dívida surgiu por conta dos itens no contrato de empréstimo do meia Kaká, que deixou o OrlandoCity para atuar pelo SãoPaulo em 2014.
 
O que teria gerado a dívida era uma cláusula que previa que o SãoPaulo pagaria ao Orlando uma parcela do incremento de bilheteria que conseguisse nas partidas em que Kaká atuasse.
 
Kaká atuou por meia temporada pelo SãoPaulo e disputou Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana naquele ano. Foram três gols em 24 partidas com a camisa Tricolor há sete anos.
 
O SportBuzz entrou em contato com a assessoria do SãoPaulo para confirmar a informação da condenação e até o momento da publicação desta matéria não obtivemos resposta.

 
 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!