Sportbuzz
Testeira
Futebol / BRASILEIRÃO

São Paulo e Athletico-PR empatam sem gols pelo Brasileirão

São Paulo controla partida no Morumbi, mas não sai do 0 a 0 diante do Athletico-PR

Redação Publicado em 24/11/2021, às 23h29 - Atualizado às 23h29

São Paulo e Athletico-PR empatam sem gols pelo Brasileirão - Transmissão/ Globo - 24/11/21
São Paulo e Athletico-PR empatam sem gols pelo Brasileirão - Transmissão/ Globo - 24/11/21

O São Paulo dominou as ações da partida, mas não saiu do 0 a 0 contra o Athletico-PR, nesta quarta-feira, 24, no Morumbi, pelo encerramento da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, as equipes estacionaram na segunda parte da tabela de classificação e seguem ameaçadas pela zona de rebaixamento.  

O Furacão chegou aos 42 pontos e subiu para a 12ª posição, ultrapassando o Santos. O Tricolor tem a mesma pontuação que o rival paranaense, mas permaneceu na 14ª colocação. Primeiro dentro do Z-4, o Bahia soma 37 pontos. A quatro rodadas para o fim do campeonato nacional, os times ainda não abriram uma distância segura para escapar do rebaixamento. 

No último sábado, 20, o time paranaense conquistou o bicampeonato da Copa Sul-Americana ao vencer o Red Bull Bragantino por 1 a 0, com gol de Nikão, na final brasileira disputada no estádio Centenário, em Montevidéu, Uruguai. A equipe do técnico Alberto Valentim ainda disputará o título da Copa do Brasil, contra o Atlético-MG, em dezembro.

O São Paulo volta a campo no próximo sábado, 27, às 21h30 (de Brasília), para enfrentar o Sport, no Morumbi, em jogo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. No domingo, às 16h, o Athletico-PR visita o Corinthians, na Neo Química Arena. Até o final da competição nacional, o Tricolor enfrentará Grêmio, Juventude e América-MG, enquanto o Furacão jogará contra Cuiabá, Palmeiras e Ceará.

O JOGO

O São Paulo chegou com perigo no primeiro minuto de jogo, quando Rigoni cruzou rasteiro e encontrou Calleri, que se esticou e por pouco não alcançou a bola para empurrar para o gol. Na segunda chegada do Tricolor, aos seis, Calleri tocou pelo alto para Rigoni e o atacante bateu fraco para a defesa de Santos.

Na principal chance do time da casa, aos 11, Rigoni chutou no ângulo e viu Santos fazer uma grande defesa. O São Paulo voltou a assustar aos 27 minutos: Reinaldo cruzou, Sara fez o cabeceio de leve e Arboleda quase completou para o gol.

Ainda no primeiro, aos 24 minutos, Renato Kayzer foi substituído por Pedro Rocha após entrada dura de Reinaldo. O atacante do Furacão reclamou de dores pelo lance e a transmissão da “TV Globo” mostrou o jogador chorando no banco de reservas. O defensor do Tricolor recebeu o cartão amarelo. 

Aos dois minutos do segundo tempo, Rigoni invadiu a área livre, tirou do primeiro marcador e chutou na diagonal, mas Marcinho apareceu para evitar o gol. Aos 13, Arboleda recebeu o cruzamento dentro da pequena área e finalizou para cima do Santos, mas estava impedido.

Aos 15 minutos, o Athletico recuou a bola para Santos, que deixou o gol e viu Pablo pressionar. O goleiro deu um chutão e acabou mandando uma bomba no atacante do Tricolor e deixou o Furacão em situação de perigo, mas a bola saiu pela linha de fundo. Aos 37 minutos, Pablo recebeu o cruzamento de Orejuela e cabeceou bem e forte, para fora. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!