Sportbuzz
Testeira
Futebol / CASO ENCERRADO!

São Paulo chega em acordo e livra Calleri de gancho por celular

São Paulo definiu algumas ações que Calleri terá que cumprir para se retratar por conta do episódio em que deu um tapa no celular de um torcedor

Redação Publicado em 13/04/2022, às 13h56

São Paulo chega em acordo com Calleri após caso do celular - Rubens Chiri/SaoPauloFC/Flickr
São Paulo chega em acordo com Calleri após caso do celular - Rubens Chiri/SaoPauloFC/Flickr

O São Paulo deu fim ao caso do tapa que Calleri deu no celular de um torcedor do Palmeiras na final do Campeonato Paulista. De acordo com o site "GE", o clube fechou acordo com a procuradoria do TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) nesta terça-feira, 12, que evitou que o atacante fosse suspenso de algumas rodadas.

Apesar disso, ele não ficou sem levar as consequências. No acordo foi definido que ele terá que fazer o pagamento de uma indenização de R$ 30 mil, sendo R$ 20 mil destinados para uma instituição de caridade a ser definida e R$ 10 mil ao TJD. Além disso, mais R$ 3 mil, valor médio de um aparelho de celular novo, para uma organização de caridade.

Canal - SportBuzz

Calleri ainda terá que gravar um vídeo pedindo desculpas pelo episódio. Esse acordo, inclusive, evitou que o jogador argentino fosse levado para julgamento, previsto para acontecer na terça-feira mesmo. Ele tinha sido enquadrado no artigo 258 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), por "conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva".

Nesse caso, seguindo as diretrizes estipuladas pelo Código, o atleta poderia ter pegado um gancho de até seis partidas de suspensão, que nesse caso teriam que ser cumpridas na próxima disputa do Campeonato Paulista, uma vez que o caso todo aconteceu em uma partida válida pelo torneio estadual, ainda que tivesse sido a final.

São Paulo evita que Calleri pegue gancho
São Paulo evita que Calleri pegue gancho (Crédito: Rubens Chiri/SaoPauloFC/Flickr)

 

Depois da grande final do Paulistão, onde o São Paulo acabou sendo derrotado pelo Palmeiras, Calleri se irritou com um garoto, atleta da base do time Alviverde, que estava acompanhando e filmando a saída dos jogadores do Allianz Parque. Ao passar pelo menino, o jogador argentino deu um tapa no aparelho celular, que caiu no chão e quebrou.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Jonathan Calleri (@jocalleri)

 

No dia seguinte, até mesmo por conta de toda a proporção que o caso teve nas redes sociais e na mídia em si, Calleri pediu desculpas em sus conta oficial e voltou a comentar o episódio no último domingo, 10, depois do jogo diante do Athletico-PR, no Morumbi, pelo Brasileirão.

"Repito pela décima vez: desculpa. Meu estafe entrou em contato com ele, com a família. Eu me ofereci para dar um celular para ele, falaram que estava tudo bem, a presidente do Palmeiras deu. Mas eu queria dar. Acho que é uma discussão que não tem mais o que falar, só pedir desculpas", afirmou o jogador depois da partida.


 

 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!