Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Santos: Edu Dracena sai em defesa de Carille e convoca torcida

Novo executivo de futebol do Santos, Edu Dracena garante apoio para Fábio Carille

Redação Publicado em 27/10/2021, às 18h27 - Atualizado às 18h42

Fábio Carille ganhou apoio de Edu Dracena no Santos - Ivan Storti/Santos FC
Fábio Carille ganhou apoio de Edu Dracena no Santos - Ivan Storti/Santos FC

Edu Dracena realizou a sua primeira entrevista coletiva como executivo de futebol do Santos nesta quarta-feira, 27. O dirigente trocou um cargo como assistente técnico no Palmeiras para encarar um grande desafio no Peixe. Ídolo do clube alvinegro, o ex-atleta chegou tentando blindar o elenco e também Fábio Carille. 

 

De acordo com Edu Dracena, o treinador terá o máximo de tranquilidade para executar o seu trabalho no Santos. O dirigente também pediu para que a torcida siga apoiando o Peixe dê respostas positivas na Vila Belmiro. Além disso, o novo funcionário do clube também quer a presença massiva de torcedores no confronto diante do Fluminense

"O Carille tem um trabalho bem tranquilo em relação ao time, tem um jogo muito importante hoje, temos que pensar no que o Santos pode fazer no jogo de hoje. Trazer uma vitória será muito importante para nós, fazer a Vila Belmiro como nosso alçapão. Os ingressos estão esgotados e quero pedir para o torcedor acreditar no time e incentivar do início ao fim. Isso que posso dizer sobre hoje, depois sentar com o presidente e entender tudo que está acontecendo no Santos", afirmou. 

Edu Dracena ainda completou: "Vamos esperar o jogo. Se Deus quiser, o Santos fazer um bom jogo, vou passar toda a tranquilidade para os atletas. Conversei com quem estava na concentração, passei confiança ao Carille para fazer um bom trabalho. Sabemos da situação, do momento, mas o futebol é tão dinâmico e rápido que as coisas podem mudar muito constantemente". 

CONVOCADO!

O novo dirigente do Santos também foi questionado em relação a sua escolha de ter trocado o Palmeiras pelo Peixe. Edu Dracena garantiu que não foi uma decisão e sim uma convocação de um clube onde fez grande sucesso e conquistou diversos títulos. 

"Eu não fui convidado, eu fui convocado. E quando é convocado você não pode pular para trás. Eu não esperava, mas passando um pouco me veio à cabeça toda aquela história que eu tive aqui no Santos quando cheguei, em 2009. E minha vida sempre foi pautada em desafios. Esse vai ser mais um desafio que eu vou superar. Vou estar aqui de corpo e alma e fazer sempre o meu melhor, como sempre fiz vestindo as camisas onde joguei. Podem esperar muita transparência. O Santos vai voltar a ser protagonista", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!