Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / SUL-AMERICANA!

Santos: Bustos rechaça classificação no sufoco e exalta atuação

Santos empatou em 1 a 1 com o Banfield nesta terça-feira, 24, na Vila Belmiro, e mesmo assim avançou para a fase de oitavas de final da Sul-Americana

Redação Publicado em 25/05/2022, às 08h26

Santos empata na Sul-Americana, mas se classifica para as oitavas de final - Ivan Storti/Santos FC/Flickr
Santos empata na Sul-Americana, mas se classifica para as oitavas de final - Ivan Storti/Santos FC/Flickr

O Santos empatou em 1 a 1 com o Banfield, da Argentina, na Vila Belmiro na noite desta terça-feira, 24, pela Sul-Americana. No entanto, o técnico Fabían Bustos não aceita ouvir que a equipe sofreu com o sufoco do adversário, e em entrevista depois do confronto, minimizou o fato de a classificação ter sido conquistada com um pouco mais de tensão do que pretendia.

Isso porque a vaga santista só foi confirmada por conta do resultado da outra partida do Grupo C, onde o Unión La Calera venceu a Univerdidad Católica, do Equador, por 3 a 2 e chegou aos mesmos 11 pontos que o Santos somava. Apesar disso, vale lembrar que a equipe da baixada terminou a fase de grupos com mais gols feitos que o adversário, sendo 7 a 6 e por isso avançou.

Canal - SportBuzz

"Nos classificamos porque fizemos 11 pontos. Quando jogamos contra o Banfield, com pouco trabalho, só com o Maicon e Maranhão treinando há mais tempo, fizemos um jogo e não merecíamos perder. Nos próximos jogos fizemos 11 pontos. O Santos classificou pelo seu rendimento. Não classificamos por um gol da Católica. Estou orgulhoso dos garotos, como eles trabalham", disse Bustos antes de completar.

"Estou conformado com a classificação. Chegamos há três meses e uma equipe que lutou para não cair no Paulistão, está na Copa do Brasil, na Sul-Americana, e lutando no Brasileirão, mesmo com erros de arbitragem. Queremos ser competitivos em todos os torneios", apontou o treinador, que ainda elogiou a atuação da equipe e fez suas avaliações.

Santos e Bienfiled em campo pela Sul-Americana
CaptionSantos e Banfield em campo pela Sul-Americana (Crédito: Ivan Storti/Santos FC/Flickr)

"Entendo que merecíamos ganhar, fazer três ou quatro gols. Banfield fez golaços na gente. Tento colocar o que tenho de melhor em cada jogo. Ouço os médicos, a fisiologia. Temos que ser competitivos. Essa equipe tem quatro meninos. Em quatro meses, quem jogou a final da Copinha, hoje está competindo, se classificando numa Sul-Americana, que é muito difícil. O grupo foi a Quito, fez um grande jogo, conseguiu o resultado. Hoje não ganhamos porque o goleiro deles jogou muito. Nos falta tranquilidade para criar mais situações claras", contou Bustos.

É válido destacar ainda que mesmo com a classificação garantida e com algumas chances criadas, a torcida não perdoou a equipe santista das vaias e críticas depois do apito final. Toda essa indignação veio porque o Santos atuou com dois jogadores a mais desde os 15 minutos do segundo tempo, depois que Dátolo e Tanco foram expulsos.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!