Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / VISH!

Santos: Bustos desabafa contra arbitragem e fala em resultado horrível

Fabián Bustos e o Santos saíram irritados novamente com a arbitragem numa partida do clube alvinegro; confira o que o treinador disse sobre o tema!

Redação Publicado em 30/05/2022, às 13h14

Fabián Bustos e Santos não ficaram nada felizes com a arbitragem no clássico contra o Palmeiras - Ivan Storti/Santos FC
Fabián Bustos e Santos não ficaram nada felizes com a arbitragem no clássico contra o Palmeiras - Ivan Storti/Santos FC

O Santose Fabián Bustos não saíram satisfeitos com a derrota para o Palmeirasno Brasileirão. Depois que a bola parou de rolar na Vila Belmiro, o treinador saiu irritado com a arbitragem e também definiu o resultado do clássico como "horrível e feio" para o Peixe. De acordo com ele, a partida foi muito disputada, mas o alvinegro poderia ter saído com os três pontos. 

É um resultado ruim, horrível e feio para a gente, por ser em nosso campo. Não merecíamos. Acredito que merecíamos mais do que isso. Não quero tirar o mérito deles, mas se tivesse que ter um ganhador, seríamos nós. Pelo menos um empate", declarou. 

CANAL - SPORTBUZZ:

Fabián Bustos ainda apontou que acredita no seu time e entendeu que o Santos foi até melhor que o Palmeiras durante os 90 minutos de partida: "Acredito que tenha sido um grande jogo. De igual para igual com uma equipe que tem mais tempo de trabalho, campeã da Libertadores, que venceu o Paulistão. Hoje competimos, acredito que merecíamos muito mais pelo o que jogamos".

E a arbitragem? 

O assunto que deixou Fabián Bustos mais irritado no clássico foi a arbitragem. O técnico do Santos, durante a entrevista coletiva, apontou diversos erros do VAR e também do árbitro principal em partidas do Peixe. O argentino foi sincero e deixou claro que não saiu nada feliz com algumas decisões de campo nos jogos que o seu time esteve envolvido. 

Santos aplaudindo torcida
Santos segue vivo na disputa da Sul-Americana (Crédito: Ivan Storti / Santos FC / Flickr)

"Acredito que tenho um monte de coisa para falar. A partida que perdemos de 1 a 0 no Paulistão tem uma jogada igual à do Goulart, de cabeça. Com a gente, Velázquez tirou, João Paulo completou, marcaram pênalti e nem foram ao VAR. Contra a Ferroviária, com esse árbitro, marcamos um gol com Marcos Leonardo e depois que ele manda seguir, ele anula. É incrível. Contra o Ceará, a jogada de Jhojan Julio onde os dois se agarram, e anula o gol o Baptistão. E agora, a jogada de escanteio. Estão se agarrando Edu e Gómez. Gómez coloca a mão, não marcou falta e nem sequer foi ver. Contra o Ceará, foi ver, depois de dizer para seguir, estando a dois metros", afirmou.

"Contra o Fluminense, sequer foram revisar o pênalti em Angulo. Contra o São Paulo, era lateral para nós, a jogada termina em pênalti, e perdemos. Há uma jogada no primeiro tempo, em que Marcos Leonardo passou em frente ao goleiro. O auxiliar levanta a bandeira, e depois vemos a imagem e ele está em condições. Espera que termine jogada, que saia o gol, e revise no VAR. É o que diz a regra, não cortar. Nos cortam e nos outros deixam seguir", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!