Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » APRESENTADO!

Rony é apresentado no Palmeiras, fala sobre interesse do Corinthians e comemora: "Me sinto feliz de fazer parte dessa família"

Atacante ainda revelou os detalhes da conversa que teve com Luxemburgo antes de acertar com o Verdão

Lucas Miluzzi Publicado em 27/02/2020, às 14h34 - Atualizado às 15h07

Rony com a camisa do Palmeiras
Rony com a camisa do Palmeiras - Transmissão Globo Esporte

Na tarde desta quinta-feira, 27, o Palmeiras aproveitou para apresentar o atacante Rony. O jogador vem treinando com o elenco desde o início da semana e chega para ser mais uma opção de lado para o técnico Vanderlei Luxemburgo.  A nova contratação palmeirense revelou que teve algumas conversas com o comandante antes de ser contratado.  

 "A respeito disso (posicionamento), ainda não teve essa conversa. Mas ele já me deu boas-vindas. Antes de vir para cá, também conversamos, foi uma conversa saudável, boa. Fico feliz, independentemente de jogar ou não. Uma felicidade que chega a transbordar. Vou procurar mostrar meu trabalho. Eu acredito que ele já saiba a posição que eu gosto de jogar, pelos lados do campo, e botar correria lá na frente. O time precisa disso, dar trabalho para a defesa adversária.", disse

O atleta ainda demonstrou bastante conhecimento sobre o Palmeiras e apontou o novo estilo de jogo da equipe para está temporada. Além disso, mostrou conhecer bem a forma como Vanderlei Luxemburgo trabalha.

 "O professor sabe o que faz nas mudanças, na formação tática. Cada adversário tem um modo de jogar, então o professor Luxemburgo sabe conduzir isso da melhor maneira possível.", afirmou

Outro assunto levantado pelos jornalistas durante a coletiva, foi a disputa que Corinthians e Palmeiras tiveram para contratar o atacante. Rony revelou que teve conversas com Tiago Nunes, treinador rival, mas que optou pelo Verdão por um motivo.

"Houve, sim, uma ligação dele, a gente conversou. Mas nada de mais. Fiquei feliz por duas equipes grandes me procurando. Antes de entrar o Palmeiras, o Corinhians estava na briga. Aí conhecemos o Anderson Barros desde a época do Botafogo.", concluiu.

Confira outras perguntas que Rony respondeu durante sua apresentação:

O que deu errado na renovação com o Athletico

 " Não deu certo porque Deus, quando bota as coisas para a gente, nos dá as coisas perfeitas. A gente não pode ir contra as vontades de Deus. Todas as coisas que acontecem na minha vida são através dele. Infelizmente, a gente espera uma coisa, acaba acontecendo outra. Eu estava naquele negócio de assina ou não assina, hoje tenho o privilégio de estar vestindo essa camisa de peso, gigantesca. Estou feliz. Eu e meu pai, a gente conversa bastante quando há um negócio, vê o que é melhor, e a gente não bota a carroça na frente do boi. A gente vai com calma, vê o que é melhor para ambas as partes."

Negociação arrastada com o Athletico

"A gente fica ansioso. Mas eu ainda tinha contrato com o Athletico, meu foco estava sendo total lá. É lógico que você fica ansioso para que as coisas se resolvessem da melhor forma possível. Quero agradecer toda a diretoria, o Anderson também, que teve a paciência de esperar praticamente dois meses. A gente sabia que na hora certa as coisas iriam acontecer. Estou muito feliz que as coisas deram certo. Fiquei um pouquinho ansioso, sim. Deu tudo certo, ambas as partes ficaram felizes."

Carinho da torcida e ansiedade por estreia

"Carinho imenso da torcida, também quero mandar abraço a todos os torcedores, à Família Palmeiras. Pelas redes sociais, já me mandavam mensagens para vir. Eu me sinto feliz de fazer parte dessa família. Dizer também que estou um pouquinho ansioso para mostrar que vim para honrar esse manto, para honrar essa camisa de peso."

Disputa por vaga no time titular 

"Eu já vinha treinando normal, até joguei a final da Supercopa do Brasil. Me sinto preparado para atuar. É uma briga sadia, respeitando todos os meus companheiros. Estou treinando forte, para buscar meu espaço. Acredito que vou dar sempre meu melhor nos treinamentos para quando a oportunidade pintar, eu aproveitar com toda garra possível."

Libertadores

 "É um campeonato difíicl, todo mundo já sabe. É uma competição extremamente difícil para se jogar. Eu me sinto preparado para jogar, para disputar essa competição. Espero ajudar o Palmeiras da melhor maneira possível, independentemente de estar jogando ou não."

 Passado de dificuldades

"Uma sensação única. Acho que todas as crianças, quando querem jogar futebol, almejam chegar num clube grande. Eu não seria diferente em sonhar alto, em almejar coisas grandes. Meu sonho era jogar Série A, e hoje eu estou tendo esse privilégio de estar em clube grande. Uma felicidade imensa, uma sensação única de estar agora num clube como o Palmeiras. Eu me sinto muito honrado, muito feliz. Qualquer jogador queria estar no meu lugar, queria estar no Palmeiras, um dos gigantes do cenário brasileiro. É o sonho de cada criança."

     

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!