Sportbuzz
Testeira
Futebol / CONFIRMADO!

Roman Abramovich anuncia venda do Chelsea e toma decisão surpreendente

Desde 2003, Roman Abramovich comandava as ações do Chelsea, mas precisou abrir mão de tudo devido ao intenso conflito causado pela Rússia na Ucrânia

Redação Publicado em 02/03/2022, às 15h44

Roman Abramovich não é mais dono do Chelsea - GettyImages
Roman Abramovich não é mais dono do Chelsea - GettyImages

Na tarde desta quarta-feira, 02, o bilionário Roman Abramovich confirmou que vai vender o Chelsea devido ao conflito entre Rússia e Ucrânia. Apontado como aliado do presidente Vladimir Putin, o dono do time inglês decidiu sair de cena e optou por negociar as ações do clube dentro dos próximos meses.

O anúncio oficial sobre a venda do Chelsea foi divulgado nas redes sociais da equipe, que mostrou uma carta escrita por Roman Abramovich. No comunicado, o bilionário russo revelou que o valor das ações dos Blues será enviado para as vítimas da guerra entre Ucrânia e Rússia. Vale destacar que o empresário está no comando do clube desde 2003.

 

 

CANAL - SPORTBUZZ:

Gostaria de abordar a especulação na mídia nos últimos dias em relação à minha propriedade do Chelsea FC. Como já disse antes, sempre tomei decisões com o melhor interesse do Clube em mente. Na situação atual, tomei, portanto, a decisão de vender o Clube, pois acredito que seja do interesse do Clube, dos torcedores, dos colaboradores, bem como dos patrocinadores e parceiros do Clube”, iniciou a carta de Abramovich.

A venda do Clube não será acelerada, mas seguirá o devido processo. Eu não vou pedir nenhum empréstimo para ser reembolsado. Isso nunca foi sobre negócios ou dinheiro para mim, mas sobre pura paixão pelo jogo e pelo clube. Além disso, instruí minha equipe a criar uma fundação de caridade onde todos os lucros líquidos da venda serão doados. A fundação será para o benefício de todas as vítimas da guerra na Ucrânia”, completou.

Ainda no comunicado, Roman Abramovich revelou que a decisão de abandonar o Chelsea não foi fácil. Porém, o bilionário russo se viu muito pressionado diante de sua relação próxima com o presidente Vladimir Putin. Assim, o dono dos Blues decidiu abrir mão de tudo e confirmar a venda do clube nos próximos meses.

Por favor, saibam que esta foi uma decisão incrivelmente difícil de tomar, e me dói me separar do Clube dessa maneira. No entanto, acredito que isso seja do melhor interesse do clube. Espero poder visitar Stamford Bridge uma última vez para me despedir de todos vocês pessoalmente. Foi um privilégio de uma vida fazer parte do Chelsea FC e estou orgulhoso de todas as nossas conquistas conjuntas”, disse.

Sede do Chelsea
Roman Abramovich confirmou que vai vender o Chelsea (Crédito: GettyImages)

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!