Sportbuzz
Testeira
Futebol / FINAL!

Rogério Ceni leva vantagem em retrospecto contra Abel Ferreira; veja

Na noite desta quarta-feira, 30, o São Paulo recebe o Palmeiras no jogo de ida da final do Campeoanto Paulista e conta com bom retrospecto de Rogério Ceni contra Abel Ferreira

Redação Publicado em 30/03/2022, às 11h48

Rogério Ceni leva vantagem no retrospecto sobre Abel Ferreira - Getty Images
Rogério Ceni leva vantagem no retrospecto sobre Abel Ferreira - Getty Images

Nesta quarta-feira, 30, São Paulo e Palmeiras entram em campo no Estádio do Morumbi em jogo de ida da final do Campeonato Paulista. Reeditando a final de 2021, as equipes entram em campo com alguns ingredientes a mais em relação à última decisão e, o principal deles, é o retrospecto de Rogério Ceni contra Abel Ferreira.

Depois do Tricolor paulista conquistar o título estadual em cima do Verdão na última temporada, as equipes se cruzaram cinco vezes onde, além de dois empates, foram duas vitórias alviverdes e apenas um triunfo do Soberano. No Campeonato Brasileiro, o confronto do primeiro turno terminou 0 a 0 e, no segundo turno, 2 a 0 para o São Paulo.

 

CANAL - SPORTBUZZ

Na Libertadores, após um empate em 1 a 1 no Morumbi, o Palmeiras fez valer sua força dentro de casa e venceu por 3 a 0 para se classificar para semifinal da competição continental. Por último, mas não menos importante, as equipes se enfrentaram nesta edição do Paulistão, na fase de grupos, e o Verdão venceu por 1 a 0.

Contudo, a torcida são paulina pode se apoiar em uma estatística inusitada, mas muito válida. No confronto entre os treinadores, Rogério Ceni leva muita vantagem sobre Abel Ferreira e o Tricolor espera que esse retrospecto se mantenha após a decisão. Após se enfrentarem cinco vezes, o comandante do Soberano soma três vitórias, além de um empate e dando apenas um triunfo para o adversário português.

Rogério Ceni e Abel Ferreira se enfrentam de novo
Abel Ferreira e Rogério Ceni se enfrentam pela sexta vez em menos de dois anos - Flickr (Rodrigo Corsi/Agência Paulistão)

Além disso, o único empate com os treinadores à beira do campo foi na final da Supercopa do Brasil, quando Rogério ainda estava no Flamengo. Mesmo não tendo vencido no tempo normal, o treinador brasileiro comandou o rubro-negro ao título após vencer o clube alviverde na disputa de pênaltis.

Por outro lado, o comandante português espera ter aprendido como vencer seu rival baseado na sua última experiência, no triunfo por 1 a 0 no Morumbi, ainda na fase de grupos. Disputando sua nona final, Abel Ferreira soma quatro títulos e quatro vice-campeonatos sob o comando do Palmeiras em menos de dois anos.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!