Sportbuzz
Testeira
Futebol / NÃO TEM JEITO!

Rogério Ceni explica frase dita no Flamengo, e se derrete pelo Tricolor: "O São Paulo é minha casa"

Rogério Ceni comentou a fala dita por ele quando comandava o Flamengo que deixou os torcedores do São Paulo incomodados

Redação Publicado em 15/10/2021, às 07h04

Rogério Ceni durante a entrevista coletiva pelo São Paulo, onde explica a frase dita no Flamengo - Transmissão SPFCTV
Rogério Ceni durante a entrevista coletiva pelo São Paulo, onde explica a frase dita no Flamengo - Transmissão SPFCTV

Durante entrevista coletiva, concedida nesta quinta-feira, 14, depois do empate em 1 a 1 com o Ceará, Rogério Ceni aproveitou para explicar a frase dita quando ainda estava no comando do Flamengo, e que na época, deixou os torcedores do São Paulo bem incomodados.

Inclusive, na partida válida pela 26ª rodada do Brasileirão, o treinador se reencontrou com a torcida do Tricolor, que pareceu bem dividida com o retorno dele, e passou o jogo alternando entre vaias e aplausos ao ídolo do clube.

Falando da polêmica com o Flamengo, na oportunidade, Rogério Ceni disse que mesmo trabalhando por tantos anos no São Paulo, um "clube de massa", o ambiente encontrado por ele no Flamengo era diferente.

No entanto, essa frase dita por ele não pegou nada bem com os torcedores do Tricolor, que em determinado momento não queriam que o treinador voltasse a comandar o time paulista.

"Eu acho que a minha relação com o São Paulo é eterna. Se durante 25 anos deixei minha vida aqui dentro, e tem pessoas descontentes, eu lamento. Eu, se o torcedor gritar ou não (meu nome), vou estar sempre próximo e respeitando. Foi o torcedor que me sustentou e me colocou aqui durante esse tempo todo. Para mim é um prazer estar no clube que é praticamente minha casa. Com o passar do tempo, com os resultados...", disse antes de completar.

"O São Paulo é minha casa. A torcida, seja Independente, Dragões, tenho o maior carinho e respeito por todos. A declaração que eu dei no Flamengo, que é uma grande instituição, um ótimo lugar para trabalhar e me possibilitou ser campeão, é que em São Paulo a torcida é dividida entre os três grandes. No Rio de Janeiro existem mais de 700 favelas. É praticamente uma inserção social vestir a camisa do Flamengo, você faz parte da comunidade, do grupo. Essa é a grande diferença. Eu tenho respeito por todos os times, e isso não diminui o quanto eu gosto e me identifico com o São Paulo", concluiu.

Ainda que tenha ficado apenas no empate em 1 a 1 na última noite, ao fim do jogo a torcida fez um protesto contido, com poucas vaias ao time. Isso pode ter sido reflexo do desempenho do time em campo.

Para se ter uma ideia, o São Paulo, durante os 90 minutos, foi ofensivo e conseguiu chegar com perigo ao gol adversário em várias oportunidades. Por conta disso, a virada no placar parecia questão de tempo, mas os atacantes pecaram na hora das finalizações.

"O São Paulo é um time que tenta ser propositivo, mas nem sempre consegue. Tentamos dentro das características que o time tem, e o Crespo trabalhava. Talvez um posicionamento um pouco diferente, mas ser dominantes no jogo. E acho que fomos. Finalizamos bastante, tivemos a bola, mas uma pena não conseguir a vitória", apontou o treinador.

Com esse resultado, o São Paulo chegou aos 31 pontos, e permaneceu na 13ª posição do Brasileirão, estando a quatro pontos da zona de rebaixamento. Apesar disso, o treinador Tricolor disse que não pensa em queda para a Série B, e que vai trabalhar para deixar o time na parte de cima.

"Eu não penso em rebaixamento, penso em ganhar o próximo jogo. Um clássico, um Corinthians que chega bem mais ajeitado, com reforços, se impondo. Nós vamos estudar uma maneira de enfrentar o Corinthians para vencer e subir. Temos que pontuar. Hoje era para sairmos vitoriosos, mas a bola não quis entrar. Vamos trabalhar olhando para cima, não para baixo. É trabalho, é trabalho. Momento de pensar no próximo jogo e nada além disso", contou.

Agora, Rogério Ceni tem pela frente um compromisso bem importante na próxima segunda-feira, 18, às 20h (horário de Brasília), diante do Corinthians, no clássico paulista que será realizado no Morumbi, pela 17ª rodada do Brasileirão. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!