Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / COPA DO MUNDO

Richarlison chora e lamenta eliminação: “Às vezes o futebol é injusto”

Logo após a eliminação do Brasil na Copa do Mundo 2022, Richarlison concedeu entrevistas muito emocionado, chorando e lamentando a dura derrota

Redação Publicado em 09/12/2022, às 19h55

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Richarlison lamenta muito a eliminação do Brasil - Getty Images
Richarlison lamenta muito a eliminação do Brasil - Getty Images

Saindo como artilheiro da Seleção Brasileira na Copa do Mundo 2022, Richarlison chora muito e lamenta a eliminação contra a Croácia, nas quartas de finais. Ao passar pela zona mista, após final da partida, o atacante cedeu entrevistas muito emocionado e, de certa forma, envergonhado pelo resultado.

“Pedir desculpas aos familiares, todos que vieram aqui, aos que ficaram no Brasil torcendo por nós. Agora é ir para o quarto chorar. Dá vontade de entrar em um lugar e não aparecer nunca mais. Eu sou jogador, mas sou um torcedor em campo. Então é difícil esse momento”, declarou o jogador aos prantos.

Mais uma vez, ainda muito emocionado, Richarlison assumiu o fracasso coletivo e seguiu lamentado essa eliminação que para todos foi inesperada. “Agora é ir para casa. Infelizmente a taça não veio. Criamos uma expectativa muito grande, mas infelizmente falhamos. Não tem muito o que falar”, afirmou.

O jogador ainda lamentou por jogadores mais experientes, que provavelmente não terão uma nova oportunidade de jogarem outra Copa do Mundo. “Têm muitos que não vão voltar mais. Dani, Thiago provavelmente. Difícil de engolir uma derrota dessa. Mas como eu falei, temos uma vida pela frente. É chorar agora, mas levantar a cabeça”, declarou o camisa 9.

Jogadores brasileiros após o final das penalidades máximas (Crédito: Getty Images)
Jogadores brasileiros após o final das penalidades máximas (Crédito: Getty Images)

Por fim, Richarlison afirmou que o Brasil tinha plenas condições de ser campeão, por isso a derrota está doendo tanto. “Tínhamos um elenco para ser campeão, isso que dói mais ainda. Às vezes o futebol é injusto com a gente, demos a vida em campo e infelizmente levamos o gol no final, e eles foram melhores nos pênaltis”, finalizou.