Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » CAMPEONATO BRASILEIRO

Renato Gaúcho, técnico do Grêmio, detona Jorge Jesus, do Flamengo: "Nunca conquistou nada!"

O técnico do clube tricolor ainda disse que Grêmio e Flamengo são os melhores times do país

SportBuzz Digital Publicado em 22/09/2019, às 20h11

Renato Gaúcho
Renato Gaúcho - GettyImages

Renato Gaúcho, treinador do Grêmio, voltou a falar sobre o Flamengo e o treinador rubro-negro, Jorge Jesus.

Em entrevista coletiva, Gaúcho apontou que  Grêmio e Flamengo são os melhores times do Brasil, e aproveitou também para alfinetar Jesus. 

"Concordo que o Flamengo está jogando o melhor futebol do Brasil junto com o Grêmio, mas o Jorge Jesus ganhou só dois ou três títulos portugueses. E saiu de Portugal, foi para a Arábia. Ele nunca treinou fora de Portugal um grande clube na Europa. Nunca conquistou nada e está com 65 anos", disparou. 

Renato também citou a qualidade do elenco do Flamengo e disse que Jesus tem jogadores acima da maioria dos outros clubes brasileiros.

"Ele está com uma seleção nas mãos. É obrigado a fazer exatamente isso o que está fazendo: fazer o Flamengo jogar bem. Vamos saber se ele tem capacidade, se ele é um grande treinador, é se ele ganhar no final, ou se tirá-lo do Fla ou Palmeiras, botar num outro clube do Brasil, e der resultado", concluiu.

CRÍTICA A TITE

A partida de Flamengo e Cruzeiro, na tarde deste sábado, 21, levou a mais uma vitória do clube carioca.

Logo após, em uma coletiva de imprensa,  Jorge Jesus, técnico rubro-negro, conversou com os jornalistas sobre a convocação de Gabigol e Rodrigo Caio.

 Tite, técnico da Seleção Brasileira, convocou os jogadores Flamenguistas para os amistosos contra o Senegal e Nigéria, em outubro.

Jorge detonou a postura de Tite e disse que o time ficará desfalcado em jogos importantes do Campeonato Brasleiro

"Vamos perder os convocados pelo Brasil e o Arrascaeta (convocado pelo Uruguai, podendo desfalcar em três partidas). Momento complicado. Não entendi muito bem a decisão do treinador do Brasil. Tinham dito que ia apenas um por equipe. Na Argentina, o técnico teve o cuidado de não levar do Boca Juniors e River Plate. Aqui é mais importante jogar contra o Senegal e a Nigéria, me parece ser uma questão financeira", desabafou.

Ao comentar sobre a última partida, Jesus lembrou a dificuldade pela vitória. Ele falou sobre a arbitragem, que para ele está sempre contra seu time na hora de suas escolhas:

"Esta vitória não deixa dúvidas. Poderia ser mais fácil se o pênalti não tivesse sido marcado. É difícil marcar contra o Flamengo. Tivemos duas contra Bruno Henrique, não hoje. Rodrigo Caio não tocou no Pedro. Na dúvida, sempre é contra o Flamengo. Não quero favorecimento, mas não quero ser prejudicado".

Ao ser questionado sobre a dificuldade enfrentada, Jesus não hesitou em dizer:

"Foi uma vitória difícil pois o time do Cruzeiro tem bons jogadores. Ainda não se encontrou como equipe, mas quando esses jogadores enfrentam times grande, como é o Flamengo, atuam bem. Além disso, o gramado estava ruim, alto, então, tirou qualidade dos dois times. O Flamengo está muito motivado e confiante e hoje fez mais um jogo muito correto", comentou, completando:

O Flamengo segue na liderança do Campeonato Brasileiro. O Cruzeiro permanece na zona de rebaixamento, em 17º lugar, com 18 pontos.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!