Sportbuzz
Testeira
Futebol / IMPECÁVEL!

Renato Gaúcho se derrete por atuação do Flamengo após classificação na Libertadores: "Esteve bem em todos os sentidos"

Renato Gaúcho ainda contou que ficou emocionado com os aplausos da torcida do Flamengo ao final do jogo

Redação Publicado em 30/09/2021, às 07h11

Renato Gaúcho, treinador do Flamengo - GettyImages
Renato Gaúcho, treinador do Flamengo - GettyImages

Como não se derreter por um elenco que conseguiu garantir a classificação para a final da Libertadores? Nem Renato Gaúcho sabe, afinal, o treinador rasgou elogios aos jogadores do Flamengo depois do apito final da partida contra o Barcelona-EQU, nesta quarta-feira, 29.

Além disso, é válido lembrar que Renato Gaúcho chegou na sua terceira final como treinador, a quinta decisão contando com os tempos de quando era jogador, e agora chega com tudo em busca do seu terceiro título.

Sem falar que como venceu o Barcelona-EQU por 2 a 0, em Guayaquil, o treinador não só colocou o Flamengo na decisão de Montevidéu, no dia 27 de novembro, como se tornou o técnico com mais vitórias na história da competição, com 50 no total. 

Em entrevista coletiva depois da partida, Renato Gaúcho comentou suas conquistas individuais e se derreteu pela atuação Rubro-Negra. Com o elenco entrosado do início ao fim, o Flamengo se garantiu na decisão praticamente sem grandes dificuldades.

"Procuro trabalhar diariamente para trabalhar meu grupo para todos os jogos e todas as competições. Hoje, o Flamengo provou a força dele. Enfrentamos um adversário que não havia perdido em casa, difícil de ser batido, nos deu trabalho no Maracanã e aqui. A equipe esteve bem em todos os sentidos. Taticamente, fisicamente, mentalmente e focada em conseguir a classificação", disse o treinador antes de completar.

"O maior reconhecimento foi o estádio aplaudir após o jogo. Temos um grande adversário pela frente, que é o Palmeiras, mas é dia de comemorar. O Flamengo está lá mais uma vez", concluiu.

Agora classificado, o Flamengo vai decidir quem fica com o troféu da Libertadores no estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai, no próximo dia 27 de novembro, e diante de um rival conhecido, o Palmeiras, que eliminou o Atlético-MG na terça-feira, 28.

Para a finalíssima contra os Alviverdes, o treinador destacou que sabe da capacidade do adversário, mas que o Flamengo está preparado.

"O objetivo maior era estar na final e conseguimos. Sabemos do poder do adversário, que é o Palmeiras, mas é muito cedo para falarmos da final. Temos dois meses pela frente. Vamos comemorar hoje e sexta-feira pensar no Brasileiro. O time é bom, está acostumado a decisão, foi várias vezes campeão e tem uma grande torcida. Temos ingredientes para fazer uma grande final. Qualquer um pode vencer", apontou.

No entanto, enquanto a data da decisão não chega, a equipe carioca volta as atenções para o Brasileirão, e recebe o Athletico-PR neste domingo, 3, às 16h (horário de Brasília), no Maracanã, pela 23ª rodada da competição nacional.

Com 35 pontos somados, e tendo três jogos a menos do que a maioria dos adversários, a equipe Rubro-Negra está atualmente ocupando a quarta colocação na tabela de classificação.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!