Sportbuzz
Testeira
Futebol / EXPLICAÇÕES!

Renato Gaúcho justifica pouca atuação de Pedro no Flamengo, e explica suposta 'orientação de cima'

Pedro ficou, por opção de Renato Gaúcho, no banco de reservas do Flamengo na partida contra o Ceará

Redação Publicado em 22/08/2021, às 21h50

Pedro, jogador do Flamengo fica no banco por decisão de Renato Gaúcho - GettyImages
Pedro, jogador do Flamengo fica no banco por decisão de Renato Gaúcho - GettyImages

Neste domingo, 22, contra o Ceará, o técnico Renato Gaúcho poupou alguns titulares do Flamengo por conta da disputa da Copa do Brasil no meio da semana. Apesar disso, o técnico tinha à disposição no banco de reservas Gabigol e Pedro.

 

Dessa forma, Pedro só foi para o campo aos 37 minutos do segundo tempo. Depois do apito final, uma das perguntas feitas a Renato Gaúcho na coletiva de imprensa foi sobre o fato de o jogador estar atuando pouco.

E ainda, esse questionamento levou a suposição feita pelo ex-jogador e atualmente comentarista do grupo Globo Roger Flores, que sugeriu durante a transmissão que Renato poderia estar recebendo "orientação de cima" para não usar o camisa 21 por mais tempo.

Além disso, o treinador do Flamengo não só respondeu ao questionamento, como também mandou um recado ao atacante.

"Acho até engraçado. O Roger foi um grande jogador, é um grande comentarista, tenho grande admiração por ele, mas o feeling dele desta vez deu totalmente errado. Primeiro lugar, que em qualquer clube que eu trabalhar, quem vai escalar o time sou eu. Depois, eu tenho conversado quase que diariamente com o Pedro, falei... outro dia mesmo tive uma conversa muito boa com ele. Falei que é um jogador que tem muitas qualidades, é um jogador novo, futuramente ele vai estar na seleção brasileira sem dúvida alguma...", começou dizendo Renato Gaúcho.

O técnico ainda repetiu o que já vinha afirmando em outras entrevistas, que Gabigol é a opção preferia dele para atuar como titular, mas que com ele, Pedro foi usado em quase todas as partidas.

"Só que hoje também ele joga numa posição que tem o Gabigol, e eu sempre falo para o meu grupo que hoje em dia é até difícil você escalar a equipe do Flamengo, pela qualidade dos jogadores. E, infelizmente, só podem jogar onze. E ele joga em uma posição que tem o Gabriel, comigo ele jogou praticamente todos jogos, ou saiu de cara ou entrou durante a partida, o Pedro", apontou o treinador.

Renato Gaúcho ainda colocou que já fez uso dos dois centroavantes juntos, mas que isto nem sempre poderá acontecer, ficando dependente da situação, ou do adversário.

"Tentei colocá-lo várias vezes, inclusive, com o Gabriel em alguns jogos, mas tem jogos e jogos para que os dois possam jogar juntos porque com os dois, nenhum dos dois tem característica de volta, e a equipe fica muito exposta. Não na partida de hoje, que era uma partida difícil, uma partida em que o Ceará nos atacou bastante", explicou.

No fim, o treinador ainda exaltou Pedro, e reforçou mais uma vez que em qualquer local que trabalhe como treinador, a escalação será sempre dele, e ainda aproveitou para pedir a Roger Flores para deixar esta "dor de cabeça" para ele. 

"E é aquilo que eu falei, o Pedro tem o espaço dele, mas jamais, jamais, em qualquer clube que eu vou trabalhar... E isto não existe, não sei de onde que o Roger tirou isto que alguma coisa de cima. Então, alguma coisa de cima teria com os outros treinadores também. Não, isto não acontece, tenho total liberdade do presidente e da diretoria e é assim que eu trabalho", disse antes de completar.

"Esta dor de cabeça, Roger, eu gosto de ter. Vários jogadores muito bons, a nível de seleção brasileira, inclusive. Deixa esta dor de cabeça pra mim, mas infelizmente só podem jogar onze. E o Pedro é testemunha que eu praticamente converso com ele duas, três vezes por semana, já dei vários conselhos pra ele. É um jogador que sem dúvida alguma vai ser o atacante da próxima, não desta Copa do Mundo, mas na próxima com certeza ele vai estar relacionado. Então, eu trato todo mundo igual", seguiu.

"O felling do Roger... Roger, teu feeling hoje não foi tão bom, até porque hoje você é comentarista, hein, se liga!", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!