Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

Renato Gaúcho é criticado por pai de Jean Pyerre, que diz que titulares não treinaram em Atibaia: "Foram passear"

Período de treinamento na cidade do interior paulista não foi visto com bons olhos por Eduardo Côrrea

Redação Publicado em 08/03/2021, às 06h18

Renato Gaúcho, treinador do Grêmio durante a final da Copa do Brasil contra o Palmeiras
Renato Gaúcho, treinador do Grêmio durante a final da Copa do Brasil contra o Palmeiras - GettyImages

A derrota para o Palmeiras, na decisão da Copa do Brasil, que aconteceu neste domingo, 7, não deixou apenas os jogadores e torcedores do Grêmio tristes, como também despertou a fúria no pai de Jean Pyerre.

Em um vídeo vazado nas redes sociais, Eduardo Côrrea disparou uma série de xingamentos e palavrões direcionados ao treinador Renato Gaúcho, dizendo que o período de treinamento em Atibaia, no interior de São Paulo, não serviu para sanar os problemas da equipe para a decisão.

Na partida, que aconteceu no Allianz Parque, Jean Pyerre começou no banco de reservas, já que o treinador preferiu por iniciar com Thaciano. Ele só entrou na partida aos 24 minutos do segundo tempo, quando o time já perdia por 1 a 0.

No vídeo, Corrêa não cita o nome do filho, mas não escondeu sua ira com Renato.
 
Claramente incomodado, ele xingou o ídolo tricolor e disse que esse tempo de concentração no interior de São Paulo, que seria para encontrar uma maneira de surpreender o Palmeiras, pouco teve utilidade em termos práticos.
 
"É, gurizada! Esse f** do Renato acabou com nosso time. O Grêmio foi para Atibaia quinta para passear. Porque em nenhum momento o Renato treinou o time titular. Só foram passear, brincar. Em nenhum momento o time titular foi treinado, montado", disse no vídeo.
 
O descontentamento de Corrêa também pode ser baseado na temporada do filho. Jean teve momentos de altos e baixos no elenco Tricolor.
 
Após se recuperar de uma longa parada, o meia ganhou a confiança e a camisa 10 do Grêmio, o que apontava sua importância perante os companheiros e liderou o time em diversas vitórias, inclusive, fazendo gol no Gre-Nal.
 

A importância dele para o elenco era tanta que a direção negou uma investida do Palmeiras para retirá-lo da Arena. No entanto, depois o jogador caiu de produção e perdeu sua posição justamente no jogo mais importante.

Com a esperança de recuperar seu espaço, Jean Pyerre espera convencer Renato que merece uma nova oportunidade. Na quarta-feira, 10, o Grêmio já começa a caminhada pela Libertadores, quando recebe o Ayacucho, do Peru, às 21h30 (horário de Brasília), na Arena.

Além disso, com a nova temporada começando, a ideia é que ele possa ser reaproveitado pelo treinador e conquistando seu espaço novamente, aos poucos.


 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!