Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » OUTRAS PRIORIDADES!

Renato Gaúcho define prazo para discutir futuro com presidente do Grêmio: "É isso que tenho na cabeça"

Treinador só vai se abrir para as possíveis propostas depois que encerrar todos os compromissos

Redação Publicado em 18/02/2021, às 09h42

Renato Gaúcho durante jogo do Grêmio
Renato Gaúcho durante jogo do Grêmio - GettyImages

A diretoria do Grêmio não comentou sobre o futuro da equipe em 2021 por conta dos compromissos importantes que ainda tem pela frente. Diante disso, a situação de Renato Gaúcho também fica indefinida, pelo menos por enquanto.

O treinador já havia dito que antes de escutar qualquer possível proposta que tenha chego para ele, sua prioridade era conversar com o presidente do Tricolor.

Essa prioridade foi apontada pelo site "Globo Esporte" por conta de rumores sobre uma negociação com o Atlético-MG, interessado no treinador para a temporada 2021.

No entanto, uma saída de Renato Gaúcho parece ser bem distante, isso porque o treinador garante que só irá negociar com outras equipes depois de descartadas as chances de permanência no clube gaúcho.

Agora já com data marcada, a conversa com o presidente do Grêmio ficou para depois do Campeonato Brasileiro e das finais da Copa do Brasil, marcadas para os dias 28 de fevereiro e 7 de março.

O segundo jogo, inclusive, acontece na data em que Renato não tem contrato com o Grêmio, já que o vínculo vai até o final de fevereiro.

"Meu único plano é buscar a vaga direta para a Libertadores e trabalhar para buscar o título da Copa do Brasil. É isso que tenho na cabeça. Depois eu tenho uma conversa com o presidente. No momento em que tudo acabar, eu sento e converso com ele", contou o treinador.

Já o empresário de Renato, Gerson Oldenburg, também negou qualquer conversa com o Galo.

Em Belo Horizonte está o executivo Rodrigo Caetano, que já tentou a contratação de Renato quando trabalhava no Flamengo. O interesse existe dentro da cúpula do clube mineiro ainda que Sampaoli deva terminar o Brasileiro e depois sair para a temporada 2021.

"Encerrada a temporada, o Renato disse, ele que quer conversar com o presidente para decidir sua permanência ou não. Já expressamos nosso ponto de vista. Feito isso, a presidência, junto com o Conselho de Administração, vai estabelecer os parâmetros das carências, contratações, avaliaremos o outro quadro que é de análise que não vamos discutir agora. Mas será feito após o encerramento da campanha", apontou o vice de futebol Paulo Luz.

Essa definição sobre se Renato Gaúcho vai ficar ou não, também vai definir situações mais abrangentes.

Por exemplo, a publicação aponta que em caso de saída do ídolo, o preparador físico Márcio Meira também deve deixar o clube, assim como Alexandre Mendes, auxiliar pessoal do técnico e ainda existe a possibilidade de Victor Hugo Signorelli, também auxiliar, integrar o grupo.

Mas por enquanto, o foco atual é preparar a equipe para os dois jogos restantes no Brasileiro e para a decisão da Copa do Brasil contra o Palmeiras. O título implicaria em vaga direta na fase de grupos da Libertadores e um fôlego no calendário na reta inicial da temporada 2021.

 
 
 
 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!