Sportbuzz
Testeira
Futebol / INSATISFAÇÃO!

Relembre as vezes que Messi não se deu bem com seus treinadores

Lionel Messi tem tido um início complicado no PSG e ficou insatisfeito ao ser substituído contra o Lyon

Gabriel Soria Publicado em 22/09/2021, às 15h21

Messi se irritou com Pochettino na partida contra o Lyon - Getty Images
Messi se irritou com Pochettino na partida contra o Lyon - Getty Images

No último domingo, 19, o PSG enfrentou o Lyon e, com dificuldades, conseguiu a importante vitória por 1 a 0.

Mesmo com dificuldades para criar jogadas e para empatar a partida, o técnico Maurício Pochettino achou interessante a ideia de tirar Lionel Messi da partida para colocar Hakimi, o que irritou os torcedores e o jogador. 

Quando o camisa 30 saiu de campo o jogo ainda estava 1 a 1, e o PSG buscava a virada. Em sua saída, Messi ficou com cara de poucos amigos, inclusive quando sentou no banco de reservas. O clima entre jogador e treinador, não ficou dos melhores e Pochettino falou sobre optar por tirar o argentino.

"Perguntei a ele como estava e me disse que bem. Todo mundo sabe que é um grande jogador, mas temos cinco trocas. Estamos com o banco para tomar decisões", falou.

 

Apesar dos problemas, segundo "L'Équipe", o jogador e o treinador se juntaram, conversaram e resolveram qualquer tipo de problema que pode ter restado sobre a situação e o clima dentro do clube segue muito tranquilo.

Contudo, o SportBuzz lembrou de algumas relações conturbadas entre Messi e alguns treinadores.

Confira!


Tata Martino

Comandando o Barcelona entre 2013 e 2014, Tata Martino teve alguns problemas no seu relacionamento com o craque argentino. Segundo o ex-diretor de futebol do Barcelona, Andoni Zubizarreta, o treinador alegava que tinha medo de Messi pedir sua demissão para o presidente do clube.

"O Tata, quando estava no Barça, falava para o Leo: sei que se você chamar o presidente, ele me expulsa, mas caramba, você não precisa me mostrar (que pode) todo dia. Já sei", contou.

Esse jogo psicológico acabou desgastando as relações entre jogador e treinador, que acabou deixando o Barcelona no final de junho de 2014.

Luis Enrique

O técnico espanhol Luis Enrique foi outro que teve alguns problemas com Lionel Messi. Segundo palavras do próprio treinador, "houve um tempo de tensão". Contudo, apesar dos problemas, Luís conseguiu gerenciar os problemas e revela boa relação como jogador.

Até solucionar tudo, houve um tempo de tensão que eu não busquei. Sem dúvida nenhuma, mas que aproveitei e tive que gerenciar. Hoje só posso falar coisas maravilhosas de Leo Messi”, disse.

Quique Setien

O treinador Quique Setien, que esteve à frente do Barcelona entre janeiro e agosto de 2020, sendo demitido após a goleada por 8 a 2, sofrida contra o Bayern de Munique.

Além de ser criticado por grande parte dos torcedores por suas escolhas técnicas, o treinador também passou por momentos de tensão com o então camisa 10 do clube catalão.

De acordo com o programa 'Que T'Hi Jugues', Messi e Setien se desentenderam  no vestiário após partida contra o Celta de Vigo. Na ocasião, o jogador teria pedido para que o treinador respeitasse os veteranos do elenco, que tinham bagagem no Barcelona e já haviam conquistado mais títulos que o treinador.

Não gostando do que o argentino falou, o treinador teria respondido ao jogador: "Se não gosta do que digo, aqui está a porta". 

Em outras oportunidades, o próprio treinador revelou que o Messi seria um jogador difícil de controlar. Confira!

"É verdade que existem jogadores que são difíceis de controlar, entre eles Messi, é verdade. Mas devemos também ter em mente que ele é o melhor jogador de futebol de todos os tempos. E quem sou eu para mudá-lo? Se o aceitaram durante anos como ele é e não o mudaram...", falou o treinador ao 'El País'.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!