Sportbuzz
Testeira
Futebol / QUE DIFICULDADE!

Relembre os clubes que não conseguiram voltar à Série A após queda

Depois de campanha muito ruim na Série B em 2021, Cruzeiro e Vasco, gigantes do futebol brasileiro, seguirão mais um ano disputando a segunda divisão

Gabriel Soria Publicado em 18/11/2021, às 14h22

Equipes como Vasco, Cruzeiro e Fluminense caíram e não subiram no ano seguinte - Getty Images
Equipes como Vasco, Cruzeiro e Fluminense caíram e não subiram no ano seguinte - Getty Images

A queda de um gigante à segunda divisão já é, por si só, algo marcante. Mas o pior é quando grandes equipes do futebol brasileiro são rebaixadas e não conseguem voltar à elite do futebol nacional.

Equipes como Grêmio, Internacional, Corinthians, Palmeiras, Botafogo e Atlético-MG já frequentaram a segunda divisão, sendo que algumas delas já foram rebaixados mais de uma vez, mas todos conseguiram o acesso no ano seguinte.

Contudo, existiram casos em que grandes equipes foram rebaixadas e não conseguiram o acesso de volta à Série A ou tiveram destino ainda pior. Confira!

Fluminense (1998)

O primeiro dos grandes que caiu e não conseguiu voltar foi o Fluminense. Depois de um péssimo desempenho no Campeonato Brasileiro de 1997, ficando em 25º colocado entre 26 times, o Tricolor Carioca acabou rebaixado.

O que já parecia ruim piorou ainda mais no ano seguinte e uma campanha desastrosa coroou a queda do Fluminense para a Série C do Brasileirão. Na segunda divisão, a equipe carioca fez dez jogos, somou 11 pontos e ficou na 19ª colocação entre 24 clubes que disputavam aquela edição.

No ano seguinte, o Tricolor venceu a terceira divisão e conseguiu um acesso direto à Série A, onde permanece firme e forte até hoje, mesmo com alguns sustos que quase culminaram em uma nova queda.

Cruzeiro (2020-2021)

Dono de uma das crises mais inacreditáveis da história do futebol brasileiro, o Cruzeiro foi rebaixado no Brasileirão de 2019 e ainda não conseguiu o acesso de volta à primeira divisão. Depois de vencer a Copa do Brasil, que é o campeonato que mais paga, em 2017 e 2018, o clube mineiro se afundou em uma crise e não consegue achar o caminho de volta à elite.

Com 36 pontos conquistados em 38 rodadas, o Cabuloso terminou a competição na 17ª colocação e acabou rebaixado. Em 2020, a equipe recebeu uma punição por uma irregularidade junto à FIFA e iniciou a Série B com seis pontos negativos, o que complicou ainda mais as coisas.

Com 49 pontos somados ao fim do campeonato, a Raposa ficou na 11ª colocação e não conseguiu o acesso. Em 2021, a história se repetiu e o clube chegou até a correr o risco de ser rebaixado para a Série C, mas conseguiu se recuperar e se manteve na segunda divisão.

Vasco da Gama (2021)

Em 2020, o Vasco da Gama teve decretada sua quarta queda à Série B. Depois de 2008, 2013 e 2015, o clube carioca voltou a disputar a segunda divisão e, diferente das outras vezes, o acesso não foi alcançado dessa vez.

Nos outros anos em que disputou a Série B, o Gigante da Colina terminou campeão, em 2008, ou em terceiro lugar, em 2014 e 2016. Independente da posição, nas outras três ocasiões, a equipe conquistou o acesso à elite do futebol nacional.

A falha em conseguir voltar à primeira divisão desta vez escancara ainda mais os problemas internos em questões administrativas e financeiras que o clube tem. Diferente do Cruzeiro, a equipe cruzmaltina teve o acesso em suas mãos, mas falhou na hora de garantir os pontos necessários.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!