Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » AVENTUREIROS!

Relembre os 5 jogadores de linha que se aventuraram como goleiros!

Dentre os corajosos destacam-se Daniel Alves pelo PSG, Felipe Melo pelo Galatasaray e Pelé pelo Santos

Izabella Macedo Publicado em 28/04/2020, às 16h17

Confira os 5 jogadores de linha que já atuaram como goleiros
Confira os 5 jogadores de linha que já atuaram como goleiros - C.Gavelle/PSG/Transmissão LigTV/Divulgação/Santos

A posição mais especializada no futebol e que requer mais habilidade, prática e estudo do que as demais é a do goleiro.

Nela, improvisos não são bem-vindos e muitas vezes não dão certo, diferente do que acontece no meio de campo ou ataque, por exemplo, que firulas e dribles estão liberados.

Por esse motivo, os atletas que atuam na linha muitas vezes não se dão bem quando colocados abaixo do travessão e tem dificuldades em manter um nível técnico que seja pelo menos aceitável para que o time não leve muitos gols.

No entanto, em alguns momentos da história do esporte mais inusitado do país, essa troca acabou dando certo.

Diante disso, o SportBuzz separou 5 desses corajosos atletas de linha que se aventuraram no gol. Confira:

 

1. Daniel Alves

Daniel Alves atuando como goleiro no Paris Saint-Germain (Crédito: C.Gavelle/PSG)

 

O atual meia do São Paulo já teve que assumir a responsabilidade de defender o gol do Paris Saint-Germain em 2018 na vitória do clube sobre o Sochaux por 4 a 1 pela Copa da França.

Dani Alves foi escolhido para substituir o expulso Kevin Trapp.

Apesar de inicialmente ficar apreensivo, o atleta não precisou colocar suas habilidades com as mãos em prática, já que em seu único lance como goleiro, o adversário chutou na barreira a cobrança de falta que tinha a seu favor e logo depois, a partida foi encerrada.

2. Felipe Melo

Felipe Melo no Galatasaray, em 2012, no gol (Crédito: Transmissão LigTV)

 

Que Felipe Melo, hoje no Palmeiras, já jogou no Galatasaray e que até hoje nutre um carinho especial pelo clube turco, todos sabem. Acontece que em 2012 o jogador pôde mostrar que manda bem também em outra função.

Esse momento marcante na carreira de Felipe Melo aconteceu pelo Campeonato Turco durante a partida entre Galatasaray e Elazigspor.

Os leões estavam vencendo o jogo por 1 x 0 até que o goleiro Muslera fez um pênalti aos 44 minutos do segundo tempo e em seguida foi expulso.

O atual zagueiro Alviverde decidiu se colocar à frente e assumir a posição. Neste cenário, o atleta tinha somente uma opção: defender a cobrança e garantir a vitória.

E foi o que aconteceu. Felipe Melo vibrou muito com seu feito inédito e comemorou em seu mais tradicional estilo pitbull.

3. Pelé

Pelé defendendo o gol do Santos em 1964 (Crédito: Divulgação/Santos)

 

Não bastava ser o melhor jogador de todos, Pelé também tinha que mostrar que possuía uma habilidade especial no gol.

Pela semifinal da Taça Brasil de 1964 contra o Grêmio, o goleiro do Santos, Gilmar foi expulso, e o Rei do Futebol ficou responsável por assumir as luvas e defender o gol do Peixe.

O jogo estava 4 a 3 para o Santos, e o Rei conseguiu assegurar o resultado com duas boas defesas. 

Outro fator também contribuiu para que Pelé ficasse um pouco mais tranquilo como goleiro: antes da expulsão de Gilmar, o atacante já havia feito três gols na partida e praticamente assegurado o resultado. Defender o gol do time que o revelou era apenas um detalhe naquele momento.

4. Diego Souza

Diego Souza como goleiro contra o Flamengo no Campeonato Brasileiro (Crédito: GettyImages)

 

A segunda mais recente troca entre linha e gol ficou por conta de Diego Souza no Campeonato Brasileiro de 2015. O Flamengo recebeu o Sport no Maracanã e mesmo atuando com um jogador a mais, não conseguiu sair com a vitória. 

Diego Souza substituiu o goleiro Magrão que se lesionou e precisou deixar o gramado. O camisa 87 não conseguiu evitar o empate do adversário, mas foi capaz de barrar o que seria o gol da vitória fazendo uma grande defesa no último lance.

5. Caio Ribeiro

Caio Ribeiro defendendo o gol do Flamengo em 1999 (Crédito: Transmissão TV Globo)

 

Na partida diante do Gama, pelo Brasileirão de 1999, o Flamengo ficou com um a menos depois da expulsão de Clemer.

Apesar disso, o clube Rubro-Negro conseguiu segurar o empate em uma tarde inspirada do atacante Caio Ribeiro, que depois foi para o gol e ainda fez boas defesas.

No fim do jogo, em entrevista à Rede Globo, ele aprovou sua atuação debaixo das traves:

"Pena que a bola não veio tanto, porque eu estava bem, estava quente. Tinha que pôr em prática tudo aquilo que aprendi no rachão", disse.


5 itens do seu time do coração que você não pode ficar sem

1- Camisa Adidas São Paulo 2018 - https://amzn.to/31uv12K

2- Livro Maquete 3D Estádio Vila Belmiro - https://amzn.to/2IZ3AaY

3- Mochila Corinthians - https://amzn.to/2psy3ax

4- Caneca com Abridor,  Flamengo - https://amzn.to/31uUJnQ

5- Fone de Ouvido Cruzeiro - https://amzn.to/33GhR4d

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!