Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » SE VIRA NOS 30!

Relembre oito jogadores de linha que precisaram se arriscar como goleiros

Aproveitando o gancho de Enzo Pérez como goleiro, preparamos uma lista com outros casos de jogadores de linha que foram para o gol

Lucas Cesare Publicado em 27/05/2021, às 15h19 - Atualizado às 18h10

Enzo Pérez teve ótima atuação como goleiro pela Libertadores
Enzo Pérez teve ótima atuação como goleiro pela Libertadores - Getty Images

Na semana passada, a equipe do River Plate sofreu com um surto de covid-19 em seu elenco e precisou entrar em campo com uma equipe completamente improvisada pela Copa Conmebol Libertadores. Além de não ter nenhum jogador no banco de reservas, o técnico Marcelo Gallardo precisou escalar o volante Enzo Pérez como goleiro, já que não tinha nenhum outro atleta disponível para a posição.

Na ocasião, o argentino se virou muito bem, conseguindo realizar algumas defesas e, inclusive, saiu de campo com o prêmio de melhor jogador da partida. Além disso, o River bateu o Santa Fé por 2 a 0 e levou os três pontos para casa.

Não é comum vermos jogadores de linha atuando embaixo das traves, porém, as vezes acaba sendo necessário um certo improviso. Por isso, trouxemos uma lista com oito ocasiões em que jogadores brasileiros precisaram se aventurar na posição mais injusta do futebol:

1- Caio Ribeiro

No Campeonato Brasileiro de 1999, o Flamengo ficou com um a menos no jogo contra o Gama depois da expulsão do goleiro Clémer. Naquele momento, o time já havia feito todas as três substituições permitidas e, o então atacante e hoje comentarista esportivo Caio Ribeiro, precisou encarar o desafio de ir para o gol.

Caio foi bem, conseguiu fazer boas defesas e no fim o rubro-negro conseguiu segurar o empate. No fim do jogo, ele aprovou sua atuação debaixo das traves: "Pena que a bola não veio tanto, porque eu estava bem, estava quente. Tinha que pôr em prática tudo aquilo que aprendi no rachão".

 

2- Dani Alves

O capitão do São Paulo também já viveu seu momento com as luvas. Quando ainda atuava no PSG, em um jogo da Copa da França contra o Sochaux, o goleiro Trapp foi expulso nos minutos finais (o placar já estava 4 a 0 para os parisienses) e, sem mais substituições para serem feitas, Daniel Alves foi para o gol com seu 1,72 m de altura.

O jogador vestiu a camisa de goleiro, as luvas e até arrumou a barreira para a cobrança da falta que seria logo em seguida. Porém, após a batida, o árbitro apitou o fim do jogo e Dani nem precisou encostar na bola.

3- Diego Souza

No Brasileirão de 2015, o Sport visitou o Flamengo no Maracanã e, em um jogo muito sofrido, conseguiu segurar o empate. Magrão saiu lesionado quando o jogo estava 1 a 0 para o Leão e o atacante Diego Souza precisou subsituí-lo. O camisa 87 não conseguiu evitar o empate do adversário, mas barrou o que seria o gol da vitória com uma grande defesa no último lance.

4- Edmundo

Na época em que ainda atuava pelo Vasco, Edmundo precisou ir para o gol em uma partida contra o Cruzeiro, após a expulsão do titular Tiago. Assim como nas outras ocasiões, a equipe já havia feito as três substituições e o atacante teve que se aventurar embaixo das traves.

Quando foi para o gol, o cruzmaltino já perdia por 2 x 0. O atacante tomou um gol de pênalti e o Gigante da Colina saiu derrotado por 3 x 1, mas o “Animal” saiu aplaudido pela torcida, que reconheceu seu esforço e dedicação à equipe.

5- Felipe Melo

Talvez a ocasião de Felipe Melo com as luvas seja a mais marcante das aqui listadas. O volante precisou ir para o gol na partida entre Galatasaray e Elazigspor, pelo Campeonato Turco de 2012. O “Pitbull” foi para a meta aos 44 minutos do segundo tempo, quando sua equipe vencia por 1 a 0 e o goleiro Muslera acabou fazendo um pênalti e sendo expulso. Foi aí que o jogador se consagrou, defendendo a cobrança e garantindo a vitória à sua equipe, que com os três pontos somados, assumiu a primeira posição na tabela.

6- Gabriel (Sport)

Gabriel sem dúvidas foi o que menos teve motivos para sorrir atuando embaixo das traves. Em uma partida do Campeonato Brasileiro de 2018, Sport e Athletico Paranaense se enfrentavam na Arena da Baixada. O Furacão já vencia o jogo por 2 a 0, quando o goleiro Magrão se lesionou, aos 34 minutos do segundo tempo e o meia precisou ir para o gol. O jogador não teve sorte e sofreu dois gols em cinco minutos, com a equipe saindo derrotada por 4 a 0.

7- Maicon

O zagueiro precisou ir para o gol quando atuava pelo São Paulo, em uma partida contra o The Strongest, na Bolívia, pela Libertadores de 2016. Na ocasião, Maicon substituiu o goleiro Denis, que havia sido expulso e ajudou o tricolor a segurar um empate contra o rival, conseguindo neutralizar o jogo aéreo dos bolivianos, saindo muito bem do gol em todas as bolas.

8- Pelé

O “Rei do Futebol” já precisou se aventurar como goleiro em quatro partidas, mas a principal delas foi pela semifinal da Taça Brasil de 1964 contra o Grêmio. O goleiro santista Gilmar foi expulso, e quem ficou no lugar dele foi Pelé. O jogo estava 4 a 3 para o Santos, sendo que três gols já haviam saído dos pés do atacante, que foi para o gol e assegurou o resultado com duas boas defesas.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!