Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / LIBERTADORES

Rei da América, Pedro celebra título da Libertadores

Eleito o melhor jogador da Libertadores de 2022, o artilheiro Pedro conquistou o título pelo Flamengo e citou sonho de criança; centroavante destacou trabalho de Dorival Júnior

Redação Publicado em 29/10/2022, às 19h32

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Rei da América, Pedro celebra título da Libertadores - GettyImages
Rei da América, Pedro celebra título da Libertadores - GettyImages

Artilheiro e eleito o melhor jogador da Libertadores, Pedro conquistou o título continental pelo Flamengo neste sábado, 29, após a vitória por 1 a 0 sobre o Athletico-PR, na final única disputada no estádio Monumental de Guayaquil, no Equador.

O centroavante do rubro-negro anotou 12 dos 33 gols do Fla na competição continental. Seu desempenho lhe rendeu o anel de ouro cravejado com 117 diamantes dado ao melhor jogador da principal competição continental. 

“É um sonho de criança. Vim na arquibancada e vivi no campo. Viver essa sensação é maravilhoso. Tem que agradecer a Deus, à torcida que veio aqui e a quem ficou assistindo”, disse Pedro em entrevista à transmissão oficial da Conmebol.

O jogador também destacou a confiança que o elenco tinha para conquistar o tricampeonato pelo clube rubro-negro. O Flamengo encerrou sua campanha invicta e se tornou o sétimo campeão da Liberta que não foi derrotado durante uma edição.

Pedro foi eleito o melhor jogador da Libertadores
Pedro foi eleito o melhor jogador da Libertadores (Crédito: GettyImages) 

Agradecer a Deus pelo momento que estou vivendo, de muita alegria. É a coroação de um trabalho que vem sendo muito bem feito”, completou Pedro.

Campeão também nas edições de 1981 e 2019, o clube carioca chegou ao terceiro caneco e se juntou ao seleto grupo de tricampeões que conta com os brasileiros Santos, São Paulo, Palmeiras e Grêmio, além do paraguaio Olimpia e do uruguaio Nacional.

Na primeira fase de sua vitoriosa campanha, o Fla foi líder invicto do Grupo H, com 16 pontos: cinco vitórias e um empate. No mata-mata, eliminou o Tolima (oitavas de final), Corinthians (quartas de final) e o argentino Vélez Sarfield (semifinal).