Sportbuzz
Testeira
Futebol / VISH!

Reforços e renovação de Cano: dirigente do Vasco abre o jogo

Dirigente do Vasco comentou sobre permanência de Cano e chegada de reforços

Redação Publicado em 16/07/2021, às 18h20 - Atualizado às 18h44

Dirigente do Vasco abriu o jogo sobre renovação de Cano e reforços - Rafael Ribeiro/Vasco
Dirigente do Vasco abriu o jogo sobre renovação de Cano e reforços - Rafael Ribeiro/Vasco

Nesta sexta-feira, 16, Alexandre Pássaro concedeu entrevista coletiva e abriu o jogo em relação ao futuro do Vasco e, principalmente, de Germán Cano. O atacante, que estava ao lado do dirigente durante o bate papo com os jornalistas, fez questão de ressaltar a importância do argentino para o elenco vascaíno e voltou a dizer que espera contar com o artilheiro em 2022. 

 

"Não temos novidades concretas, mas nunca perdemos as negociações do foco. Já expressamos ao presidente a vontade de manter o Cano, talvez não só por um ano, mas por mais temos. Mas temos que ser responsáveis. Precisamos saber como será nossa vida a partir do ano que vem. Não é um assunto esquecido, estamos buscando. Não necessariamente o acesso à Série A seja definitivo para a permanência do Cano", afirmou.

Ele ainda seguiu: "Precisamos saber que condições poderemos oferecer ao Cano, ao Andrey ou a qualquer um jogador que venha. Mas o desejo é mútuo. Ele já manifestou o interesse de ficar, e nós queremos ficar com ele. Mas temos que ser responsáveis. Renovar por renovar é fácil. Mas esse é um desejo diário nosso, e tenho certeza que em um futuro muito próximo vamos evoluir nisso".

Além de comentar sobre a manutenção do elenco e a renovação de Germán Cano, Alexandre Pássaro também comentou em relação as contratações do clube. Ciente de que o elenco é forte para a série B do Brasileirão, o dirigente não quer saber de contratar mais atletas e destacou que confia no potencial do elenco comandado por Marcelo Cabo. 

"Acho que temos um bom elenco para disputa da Série B e todos achavam. Isso não foi discussão até a primeira derrota. Depois da derrota é natural que se questione. Todos estão no seu direito. O Vasco vive há anos uma reconstrução infinita. Eu não acredito nisso. Não é assim, sem parar de contratar, que se melhora desempenho, pontuação e trabalho", explicou.

Utilizando o principal jogador do elenco como exemplo, o dirigente do Vasco deu maiores detalhes dos perfis de reforços que poderão chegar ao time: "O Cano é prova disso, sempre falo. Independentemente de se contratar alguém, de surgir alguma oportunidade de mercado, a gente quer que esse elenco dê os frutos que a gente sabe que pode dar".

"É lógico que estamos atentos ao mercado. É um mercado muito restrito. Não vemos a necessidade urgente de reforços. Queremos sim ajustes, talvez no final da janela. Temos confiança no elenco. Não gosto de usar contratações como muleta. Ninguém aqui do clube quer. Vamos trazer reforços se for necessário e se houver oportunidade para isso", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!