Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » PARABÉNS, CRAQUE!

Raí 55 anos! Relembre a carreira do craque dentro dos gramados

Ídolo teve grandes passagens por São Paulo e PSG, além de boas atuações na Seleção Brasileira

Guilherme Assumpção Publicado em 15/05/2020, às 16h15

Raí é dirigente do São Paulo
Raí é dirigente do São Paulo - Instagram

Nesta sexta-feira, 15, Raí completa 55 anos de idade e a trajetória do craque dentro do futebol tem grandes conquistas e atuações ao longo de sua passagem nos gramados do mundo.

Desde que se aposentou, a ligação do brasileiro com o esporte não acabou e o ex-meia segue atuando como dirigente de futebol do São Paulo.

Com grande identificação no Tricolor, Raí tem seu nome marcado na história do futebol brasileiro e, por isso, o SportBuzz decidiu relembrar os principais momentos do ídolo nos clubes e na Seleção Brasileira. Confere aí!

INÍCIO DA CARREIRA

Nascido na cidade de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, Raí deu seus primeiros toques na bola quando ainda tinha 15 anos. O início da trajetória aconteceu no Botafogo-SP e o craque não quis ligar seu nome ao do irmão Sócrates. Por isso, o ex-jogador omitiu a informação para evitar comparações e referências ao ícone da história do esporte.

Seu ano de estreia no profissional do Botafogo foi em 1984, mas Raí teve chances na equipe apenas na temporada seguinte. Foi no Campeonato Paulista de 1985 que o craque passou a se destacar sob o comando do treinador Pedro Rocha, que foi quem lançou Raí no time principal.

Raí foi revelado pelo Botafogo-SP (Crédito: Instagram)

 

Já em 1986, Raí foi emprestado para a Ponte Preta para a disputa do Campeonato Brasileiro. A passagem pela equipe campineira não atingiu as expectativas e o ex-meia marcou apenas um gol em 10 partidas disputadas.

No ano seguinte, o brasileiro retornou ao Botafogo e jogou o Campeonato Paulista, onde se destacou e conseguiu alcançar sua primeira convocação para a Seleção Brasileira na Copa América de 1987. O destaque já passava a ser observado por gigantes do futebol e a contratação de Raí foi disputada pelos rivais Corinthians e São Paulo.

CHEGADA AO SÃO PAULO

No ano de 1987, Raí foi contratado pelo São Paulo e, a partir daí, a carreira do craque deslanchou. Apesar do brasileiro ter demorado para emplacar na equipe, sua sequência foi mantida e o cenário foi completamente alterado após a chegada de Telê Santana. Antes disso, o ex-jogador estreou contra o Grêmio e passou a ser muito criticado por seu estilo lento e pouco participativo.

Mesmo sem muito destaque, Raí conquistou o primeiro título de sua carreira no ano de 1989. O Tricolor do Morumbi venceu o Campeonato Paulista daquele ano e o troféu foi o primeiro do dirigente como jogador profissional.

Raí virou ídolo do Tricolor (Crédito: Instagram)

 

No entanto, foi em 1990 que a história de Raí realmente começa no São Paulo. Com o retorno de Telê Santana, a equipe paulista atingiu outro nível de atuação e passou a ser um dos principais times da época. Mesmo assim, o destaque de Raí apareceu somente em 1991.

No Campeonato Brasileiro daquele ano, o craque foi fundamental na campanha do Tricolor e foi o responsável por levantar a taça da competição ao derrotar o Bragantino na final. Este foi o início da belíssima história de Raí no futebol. No mesmo ano, ainda venceu o Campeonato Paulista sendo o artilheiro do torneio com 20 gols.

A galeria de troféus de Raí só foi aumentando nos anos seguintes. Campeão da Libertadores em 1992, o craque ainda venceu o Mundial do mesmo ano com grande participação na decisão. O ex-jogador marcou dois gols contra o Barcelona e deu o título ao São Paulo.

No retorno ao Brasil, ainda conquistou o Campeonato Paulista sobre o rival Palmeiras. Para completar, Raí foi mais uma vez campeão da Libertadores no ano de 1993. Porém, este título foi vencido com o brasileiro já negociado com o PSG, mas o acordo entre as equipes previa a permanência do ídolo até o meio da temporada.

PSG E RETORNO AO BRASIL

A passagem de Raí pelo clube francês também foi marcante e seu nome está entre os maiores ídolos do time. Com 217 gols e 34 gols marcados, o brasileiro foi bicampeão da Ligue 1, venceu duas vezes a Copa da França e Copa da Liga, além de uma Supercopa da França e uma Recopa Europeia.

Raí permaneceu no PSG até o ano de 1998, quando anunciou seu retorno ao São Paulo. Logo após sua volta ao Tricolor, o ex-meia rompeu os ligamentos do joelho e teve que ficar afastado dos gramados por mais de um ano. Mesmo longe do campo, o craque viu o time conquistar mais um Paulistão.

Depois de mais um Campeonato Paulista faturado no ano de 2000, Raí anunciou sua aposentadoria ao final da temporada.

SELEÇÃO BRASILEIRA

A trajetória de Raí com a amarelinha teve seu momento de destaque com a conquista da Copa do Mundo de 1994. Com muitos jogadores de renome e outros iniciando a carreira, o técnico Carlos Alberto Parreira mesclou a experiência e a juventude para alcançar o topo do mundo.

Raí sempre foi muito questionado sobre seu trabalho como dirigente do São Paulo (Crédito: GettyImages)

 

O adversário da grande final foi a Itália e o título foi conquistado após 24 anos de jejum. A equipe ficou conhecida por seu trabalho coletivo, mas a dupla Bebeto e Romário se destacou e foi fundamental na campanha do time brasileiro.

Além do título mundial, Raí foi medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos dos Estados Unidos. Ao todo, o craque disputou 49 jogos e marcou 17 gols com a Seleção Brasileira.

APOSENTADORIA E CARGO DE DIRIGENTE

O ídolo do São Paulo encerrou sua carreira em 2000 e logo se encontrou em outra função na área esportiva. O ex-jogador é Diretor Executivo do time paulista desde 2017. Com muitos questionamentos sobre seu trabalho na equipe do Morumbi, Raí permanece na função até os dias de hoje.

VIDA PESSOAL

Fora dos campos, Raí tem três filhas: Noáh, Emanuella e Raissa. O ídolo do Tricolor ainda tem uma netinha chamada Naira. Emanuella e Raissa são frutos do casamento com Cristina Bellissimo e Noáh foi fruto do namoro com a chef Danielle Dahoui.


5 itens que todo torcedor do São Paulo vai desejar ter

1- Livro Maquete 3D Estádio Morumbi - https://amzn.to/31tWfqc

2- Camisa Bolsa Recipiente Térmico São Paulo - https://amzn.to/2VUtaDf

3- Jogo com 2 Baralhos do São Paulo na Lata - https://amzn.to/31vtE3U

4- Cantil para Bebida São Paulo - https://amzn.to/31lNyOQ

5- Kit com Camisa do São Paulo e Mochila Oficial  - https://amzn.to/32uYTNR

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!