Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » VISH!

Rafinha faz revelação bombásticas sobre negociação com Flamengo e detona: "Fui vítima de uma guerra política"

Lateral contou que diminuiu ao máximo os seus vencimentos salariais para retornar ao clube

Redação Publicado em 22/03/2021, às 14h34 - Atualizado às 15h28

Rafinha não chegou a retornar ao Flamengo para a temporada de 2021
Rafinha não chegou a retornar ao Flamengo para a temporada de 2021 - GettyImages

Rafinhasurgiu novamente para falar em relação a sua negociação frustrada com o Flamengo. O motivo utilizado pelo rubro-negro para a desistência na negociação gerou certo incômodo no lateral, que deu seu ponto de vista e fez uma revelação bombástica sobre o negócio. 

 

De acordo com o campeão da Libertadores, não foi o fator econômico que fez o Fla não dar sequência em sua contratação. Segundo Rafinha, ele diminuiu ao máximo o seu salário ao máximo e também contou que todos o queriam de volta, porém uma guerra interna o impediu de retornar ao clube onde foi vencedor na temporada de 2019. 

"O treinador me queria, o departamento de futebol (citando, posteriormente, o diretor Bruno Spindel e o VP Marcos Braz) todo me queria. Os torcedores me queriam. A parte financeira já deixei claro que não era o problema", afirmou em entrevista para o "Seleção SporTV". 

Ele ainda continou falando sobre a negociação frustrada com o Flamengo: "Vou repetir: flexibilizei o máximo que poderia para receber meu salário em 2022. Claro que eu fui vítima de uma guerra política. Não tenho culpa disso. Podem estar zangados com o Olympiacos, respeito".

"Tenho muito carinho. Não foi isso que alegaram. Falaram que era parte financeira. Eles têm essa guerra, eu não sabia também. Eu paguei o pato, fiquei 35 dias esperando tomarem decisão e não deu certo. Pula para o outro lado e tinha as pessoas que eu soube que não queriam minha contratação", completou. 

Rafinha continuou comentando em relação aos valores que receberia no Flamengo e deu maiores detalhes para os jornalistas do "Seleção SporTV". Segundo o lateral, o seu salário em 2021 não seria nem de perto ao que ele recebeu quando chegou ao time carioca em 2019. 

 "Não seria, de jeito nenhum, o valor que ganhei na primeira passagem. Não tem comparação, afinal abri mão disso também, porque sei da situação, sei como é. O valor seria muito menor do que ganhei na primeira passagem. Todo mundo falando de dinheiro e luvas, o torcedor não sabe a realidade. Eu iria receber bem menos. Eu nem sabia quanto ia receber, porque estava esperando o Flamengo fazer uma proposta. O Flamengo sabe meu valor, o jogador que sou, o que represento. Esperei o Flamengo fazer proposta e claramente eu ia aceitar", continuou. 

Por fim ele ainda se defendeu sobre as acusações de "mercenário": "O valor financeiro nunca foi o principal fator. Eu estou há 30 dias só tomando pancada, sendo chamado de mercenário. Isso não é verdade. Independentemente do valor, eu ia aceitar. Eu quero jogar".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!