Sportbuzz
Testeira
Futebol / EXPLICOU!

Rafael Menin esclarece papel de mecenas no Atlético-MG e revela pagamento de dívidas

O Atlético-MG tem uma das equipes mais fortes do Brasil e briga pelos títulos do Brasileirão, da Libertadores e Copa do Brasil

Redação Publicado em 01/09/2021, às 10h32

Rafael Menin fala sobre investimento no Galo - Transmissão Youtube / Neo Feed Brasil
Rafael Menin fala sobre investimento no Galo - Transmissão Youtube / Neo Feed Brasil

Sem brigar diretamente por um título de expressão desde 2016, quando perdeu a final da Copa do Brasil para o Grêmio, o Atlético-MG vinha tendo problemas de gestão e as dívidas do clube só subiam. 

Mesmo chegando a uma quantia de cerca de 1 bilhão de reais em dívidas globais, o Galo ainda foi ao mercado e contratou nomes de peso como Hulk e Diego Costa para reforçar seu elenco. Apesar de, para muitos, parecer uma ação que não foi pensada, o clube conta com a ajuda de mecenas, que decidiram participar mais da gestão do clube desde 2020.

A folha de despesas beira aos 24 milhões de reais por mês e tem sido paga em dia. O valor engloba, além dos salários dos atletas, todo o custo mensal do clube. Além de todo esse dinheiro, o clube ainda tem pago dívidas que poderiam gerar problemas a curto prazo.

Em entrevista ao 'Globoesporte.com', Rafael Menin, CEO da MRV Engenharia, que é um dos principais patrocinadores do clube, comentou sobre o momento financeiro do clube e fez projeções para o futuro. Confira!

"Por mais que o Atlético venha passando por um momento ainda financeiro de fragilidade, esse grupo de apoiadores está fazendo uma ponte pra que a gente tenha lá na frente um clube sustentável, e que possa continuar investindo por conta própria", falou.

"O Atlético tem um projeto muito bem pensado, de longo prazo. A gente não vai conseguir resolver o problema num prazo de um ano, obviamente leva tempo. Inclusive, apresentamos no Galo Business Day, no começo do ano, um planejamento pra reduzir as dívidas do clube gradativamente e chegar a 2026 com balanço super limpo, organizado, sem dívida, e esse é o trabalho que tem sido feito", continuou.

O alto investimento feito pelo grupo dos 4 R's, formado pelos empresários Rubens e Rafael Menin, Ricardo Guimarães e Renato Salvador, têm ajudado o Galo a se manter e, automaticamente, também tem ajudado a elevar o patamar do clube.

"A gente entendeu que o momento político do clube estava pacificado. Existe uma vontade genuína do conselho de evoluir a gestão do clube, ser mais transparente, um exemplo de administração. Neste momento, o grupo dos apoiadores se sentiu confortável em participar desse projeto, importar não só recurso, mas experiência administrativa, empresarial"

Segundo o "ge", o grupo já investiu cerca de 400 milhões de reais no clube, sendo 253 milhões em contratações. Além disso, já evitou oito processos da Fifa com custo de, aproximadamente, 76 milhões de reais.

"Estamos pagando as dívidas da FIFA, impostos sendo pagos, fornecedores também importantes, a gente vai repactuando e pagando as principais dívidas. É um trabalho longo, que exige disciplina. É fundamental o apoio da torcida, mas a gente tem certeza que em pouco anos será um exemplo de gestão administrativa e esportiva", continuou.

Rafael também revelou que esse auxílio financeiro é temporário e que a intenção dos empresários não é ter um papel acionário, mas pretendem auxiliar com sua experiência empresarial.

Após tanto investimento, o Atlético-MG está na semifinal da Libertadores, briga pelo título da Copa do Brasil e também do Brasileiro. Com um grande elenco montado, a equipe mineira é uma das favoritas para faturar títulos nesta temporada.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!