Sportbuzz
Testeira
Futebol / BRASILEIRÃO!

Quase! Chapecoense sai na frente, chega perto da primeira vitória no Brasileirão, mas leva o empate do Atlético-GO

Chapecoense chegou diante do Atlético-GO, mesmo fora de casa, decidida a terminar com o jejum de vitórias no Brasileirão

Redação Publicado em 21/08/2021, às 19h00

Chapecoense e Atlético-GO em campo pelo Brasileirão - Transmissão Premiere
Chapecoense e Atlético-GO em campo pelo Brasileirão - Transmissão Premiere

Em partida que abriu a 17ª rodada do Brasileirão, Atlético-GO e Chapecoense entraram em campo neste sábado, 21, com as equipes tendo objetivos diferentes. Enquanto o Dragão queria entrar no G6, a Chape buscava vencer a primeira.

Depois de vencer o Bahia fora de casa, o Atlético-GO entrou em campo querendo não só vencer, mas vencer em sua casa, o que não acontecia desde a sexta rodada. De lá para cá foram duas derrotas e dois empates em casa no Brasileirão.

Do outro lado, assim como nas 16 partidas anteriores, a Chapecoense entrou em campo com o mesmo objetivo, de vencer na competição nacional pela primeira vez. O time tem apenas cinco pontos somados e está na lanterna, com 12 pontos de diferença para o Cuiabá, o primeiro fora do Z4.

Confira como as equipes entraram em campo para a partida, e como foi o jogo:

Escalações

O jogo

Primeiro tempo

Logo aos quatro minutos de partida, Janderson bateu a falta por cima da barreira, mas a bola saiu do lado do ângulo direito do gol da Chape, levando perigo no começo.

No lance seguinte, Bruno Silva recebeu pelo lado esquerdo, levou a bola para a perna direita e arriscou o chute. Fernando Miguel, no centro do gol, segurou sem problemas.

Já com 30 minutos de jogo, Anselmo Ramon ganhou pelo alto da zaga do Dragão depois da cobrança de Matheus Ribeiro. Ele testou firme, mas a bola saiu por cima do gol do time da casa, e a Chape quase abre o placar.

Dois minutos depois, Bruno Silva ganhou na velocidade de Wanderson, invadiu a área e rolou para Anselmo Ramon, que errou a finalização em mais uma boa jogada.

Com 34 minutos, pênalti para a Chapecoense! O árbitro Adriano Barros Carneiro revisa o lance em que Bruno Silva levou um pisão de Wanderson, e marcou a penalidade, dando cartão amarelo para o jogador do Atlético-GO.

Na cobrança, Anselmo Ramon abriu o placar em Goiânia! O Camisa 9 mandou a bola no canto esquerdo, Fernando Miguel tocou nela, mas não o suficiente para defender. 

Depois do gol, Fernandinho recebeu de frente para Fernando Miguel, driblou o goleiro e chutou para o gol, mas Wanderson salvou o Dragão no momento certo. Em seguida, o árbitro invalidou a jogada ao marcar impedimento.

Fim do primeiro tempo!

Segundo tempo

Na volta do intervalo, Natanael cobrou o escanteio, Eder desviou na primeira trave e Zé Roberto mandou de cabeça, mas a bola saiu à direita do gol da Chape.

Aos 20 minutos, gol do Atlético-GO, mas não valeu!

Oliveira fez um golaço, mas não valeu! Zé Roberto dominou dentro da área e cruzou para o zagueiro. Ele pegou no peito e emendou uma linda bicicleta, mas o árbitro anulou o lance depois que o VAR detectou impedimento no início da jogada.

No lance seguinte, João Paulo cobrou o escanteio, e Jordan afastou. Na sobra, Arnaldo soltou a pancada, mas a bola passou muito perto do gol da Chape.

Natanael ainda encobriu a barreira da Chape e parou na rede em cima do gol defendido por Keiller. Quase o empate do Atlético-GO.

Aos 43, os jogadores do Atlético-GO pediram um pênalti por um toque de bola no braço de Joilson. Depois de analisar o VAR, o árbitro marcou a penalidade, entendendo que Joilson ampliou a área de contato.

Na cobrança, João Paulo caminhou para a bola e rolou no canto direito de Keiller, que caiu para o outro lado, e deixou tudo igual no placar.

Fim de jogo!


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!