Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / COMPLICADO!

PSG vive nova polêmica nos bastidores e tenta resolver situação

Diante do ocorrido com um dos atletas, PSG ainda não se pronunciou oficialmente, mas vem sendo muito pressionado para tomar alguma atitude sobre o caso

Redação Publicado em 16/05/2022, às 14h39

PSG tenta definir a situação com Idrissa Gueye - GettyImages
PSG tenta definir a situação com Idrissa Gueye - GettyImages

Mesmo em fim de temporada, o PSG ganhou mais um problema para resolver nos bastidores do elenco. No último final de semana, a equipe entrou em ação, enfrentou o Montpellier e venceu por 4 a 0. No entanto, a ausência do volante Idrissa Gueye durante a disputa da partida levantou muitas dúvidas sobre os motivos para o desfalque.

E nesta segunda-feira, 16, as causas vieram à tona. De acordo com as informações divulgadas pelo jornal “Le Parisien”, Idrissa Gueye se recusou a entrar em campo por conta da campanha contra a homofobia realizada pelo Paris Saint-Germain. Vale destacar que todos os clubes franceses fizeram alguma ação especial no Dia Mundial contra a Homofobia.

CANAL - SPORTBUZZ:

Por conta de crenças de sua religião e também pessoais, Idrissa Gueye não quis fazer parte da campanha do PSG, que utilizou as cores do arco-íris na numeração dos jogadores durante o jogo contra o Montpellier. Diante disso, o volante vem sendo duramente criticado por parte da torcida e também pela imprensa local.

Até o momento, o PSG não se manifestou sobre a polêmica envolvendo Idrissa Gueye. Logo depois da partida, o técnico Mauricio Pochettino afirmou que o volante tinha condições de jogo, mas ficou de fora dos relacionados por “questões pessoais”. Também em silêncio, o atleta não comentou ou explicou sua atitude.

Idrissa Gueye em ação no PSG
PSG tenta resolver polêmica com Idrissa Gueye (Crédito: GettyImages)

Mesmo que o fato esteja ligado ao clube de futebol, a atitude de Idrissa Gueye vem tomando conta das páginas dos jornais franceses e também das redes sociais. Em seu perfil oficial, a política Valérie Pécresse pediu que o jogador seja duramente punido pelo PSG, já que não quis participar da campanha contra a homofobia.

Um jogador de futebol, em especial do PSG, são figuras de identificação para os nossos jovens. Eles têm o dever de servir de exemplo. A recusa de Idrissa Gana Gueye de se juntar à luta contra a homofobia não pode continuar sem punições”, declarou a política francesa em suas redes sociais nesta segunda-feira, 16.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!