Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / CLIMA QUENTE!

PSG se irrita com dono do Botafogo e manda resposta áspera

Nos últimos dias, PSG foi duramente criticado por John Textor a respeito das escolinhas de futebol do clube francês e decidiu responder o norte-americano

Redação Publicado em 03/08/2022, às 11h53 - Atualizado às 14h14

PSG não gostou nada das falas de John Textor - GettyImages
PSG não gostou nada das falas de John Textor - GettyImages

Nesta quarta-feira, 03, o PSG surpreendeu ao enviar resposta bastante áspera para John Textor, dono do Botafogo. Nos últimos dias, o norte-americano decidiu alfinetar as escolinhas de futebol do clube francês ao afirmar que as crianças têm seus sonhos alimentados, mas que nunca recebem a garantia de obter oportunidades na equipe de base ou profissional.

"O Paris veio para a Flórida com esse programa estúpido, a PSG Academy, colocando camisa em todo mundo. O pessoal do PSG criou o programa, a licença, e me disseram que nenhuma criança iria ao PSG. Eu pensei: ‘Por quê? Por que dizer isso?", criticou o norte-americano John Textor em entrevista ao longo desta semana ao jornal 'L'Équipe'.

"Por que vir à Flórida, onde há latinos, e dizerem que nenhuma dessas crianças estará no time? Por que estão aqui? Para vender camisas? Se eu posso encontrar 11 jogadores no mundo que você não pode achar ou comprar, nós podemos te vencer. Nós (Lyon) não vamos vencê-los todo ano, mas o Lyon já venceu o PSG antes", continuou a sua crítica ao PSG.

Bastante irritado com a fala do bilionário, o Paris Saint-Germain decidiu responder a acusação feita por John Textor e não poupou palavras para detonar o comportamento do americano. Por meio de uma entrevista ao jornal "L'Équipe", Nadia Benmokhtar, que é a dirigente responsável pelo desenvolvimento da marca do PSG, retrucou e cutucou o dono do Botafogo.

"Aparentemente este senhor não sabe que o recrutamento de menores de idade no exterior é proibido pelo regulamento da Fifa. E que prometer a jovens americanos menores de 18 anos que iremos recrutá-los em Paris seria ilegal. John Textor não entende a essência da PSG Academy. É sobretudo uma escola de futebol. Quem pode se gabar de ter 162 centros em 18 países capazes de acolher um total de 22.500 crianças que vivem a sua paixão?", disparou Nadia.

"Não se trata de dar camisas ou de ter uma licença, mas sim de uma verdadeira rede de treinamentos a nível mundial, reconhecida como uma das melhores escolas de futebol do planeta. O Paris Saint-Germain forma educadores, que por sua vez transmitem os valores de excelência, prazer, fair play e possibilitam o desenvolvimento de milhares de crianças", continuou a dirigente do PSG.

John Textor e Nasser Al-Khelaifi
PSG se irritou com postura de John Textor (Crédito: Vítor Silva / Botafogo / Flickr - GettyImages)

"Em menor escala, o Olympique Lyonnais [clube do qual John Textor também é dono] está tentando fazer algo semelhante com as suas academias. Não acho que seja a questão nessas academias do Lyon, assim como na do PSG, de distribuir as camisas. O novo investidor deve saber melhor o que está acontecendo além da Flórida", alfinetou Nadia Benmokhtar ao jornal francês.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!