Sportbuzz
Testeira
Futebol / VISH!

PSG: Messi sai no intervalo e vira dúvida para Champions League

Messi saiu sentindo dores na partida contra o Lille e pode desfalcar o PSG na Champions League

Redação Publicado em 29/10/2021, às 18h08 - Atualizado às 18h25

Messi pode ser desfalque do PSG na Champions League - GettyImages
Messi pode ser desfalque do PSG na Champions League - GettyImages

Nesta sexta-feira, 28, o PSG entrou em campo para encarar o Lille e teve dificuldades para vencer os rivais. Sem contar com Mbappé, que foi poupado, Pochettino apostou na dupla Messi e Neymar, porém ambos atuaram juntos apenas por 45 minutos. No intervalo, o treinador parisiense sacou o argentino e deixou o brasileiro em campo até o final. 

A medida chamou a atenção de muitos torcedores, que o criticaram por tirar Messi e colocar Icardi. No entanto, a medida pode ter sido devido a uma lesão muscular que o camisa 30 sentiu durante o jogo. O atacante, que não treinou em alguns dias da semana devido a um desconforto, acabou sendo relacionado contra o Lille e jogou. 

Com uma atuação abaixo de média e pouco decisiva, Messi não estava confortável na partida. De acordo com informações do site "L'Équipe" uma das explicações para que o atacante do PSG tenha sido substituído é um desconforto muscular. Caso se confirme a lesão, o argentino não deve encarar o Red Bull Leipzig, na próxima quarta-feira, 3, pela Champions League. 

A partida é considerada decisiva para o PSG. Com a concorrência do Manchester City pela liderança do grupo, a vitória contra os rivais alemães pode ser decisiva para classificar o time para as oitavas de final da Champions League. Sendo assim, caso Messi não jogue e fique lesionado, o Paris Saint-Germain terá um grande problema pela frente. 

Enquanto o argentino é dúvida, quem é praticamente considerado como certo para o jogo é Mbappé. O atacante ficou fora da vitória contra o Lille no Campeonato Francês, após o clube informar que o jogador estava com problemas na garganta. Até a quarta-feira, 3, o camisa 7 deve estar recuperado e atuará ao lado de Neymar. 

SAIBA COMO FOI A VITÓRIA DO PSG NA LIGUE ONE!

Nesta sexta-feira, 28, o PSG recebeu o Lille e acabou tendo muitas dificuldades para vencer os rivais. O time de Pochettino saiu atrás do placar, se encontrou no final da partida e contou com a ajuda de Marquinhos e Di María para vencer por 2 a 1 e sair com os três pontos.

 

Vale destacar, que no intervalo Messi saiu e não teve uma boa atuação. Enquanto isso, Neymar demorou para engrenar, mas chamou a responsabilidade no segundo gol e deu ótima assistência para Di María dar a vitória ao PSG.

COMO FOI O PRIMEIRO TEMPO?

Sob vaias e um fraco futebol, o primeiro tempo do PSG contra o Lille foi desastroso. A equipe de Pochettino não criou quase nada, perdeu a maioria das dívidas e viu os visitantes deitarem e rolarem nos contra-ataques. Neymar, Messi e Di María estiveram apáticos nos 45 minutos iniciais e pouco fizeram. 

Não precisou de muito tempo de jogo para perceber que o Paris Saint-Germain não ia ter uma etapa inicial muito agradável. O time da casa tinha a posse de bola, tocava, mas não finalizava e antes do primeiro minuto de partida completar, o Lille teve uma das melhores chances do jogo. 

O PSG perdeu a bola no ataque, Sanches encontrou Ikoné e o meio-campista saiu em velocidade para o ataque. A defesa parisiense estava toda aberta e o jogador deixou Yilmaz na cara do gol. O centroavante turco bateu de primeira e Donnarumma operou um milagre. 0 a 0. 

A partida seguiu no mesmo ritmo, o Paris Saint-Germain continuou sem pegada no meio de campo e também no ataque, além disso seguiu desorganizado na defesa. O Lille, por sua vez, era o oposto. Sempre atento a saída de bola rival, a equipe pressionava e sai em velocidade, além disso, quando tinha a bola, não encontrava dificuldades na marcação. 

Desta forma, aos 30 minutos, o Lille foi tocando a bola desde o campo de defesa, Sanches encontrou um grande passe para Yilmaz na esquerda. O centroavante tocou para o meio de David deu de primeira para vencer Donnarumma e colocar a bola para o fundo das redes. 1 a 0. 

Mesmo atrás do placar, o PSG não mostrou grande evolução. A melhor chegada sair de uma boa jogada coletiva entre Di María, Messi e Wijnaldum. O holandês deixou o camisa 11 em ótimas condições para finalizar e obrigou o goleiro do Lille a fazer uma grande defesa. 

E O SEGUNDO TEMPO?

Para a etapa final, Pochettino mudou o seu time, tirou Messi, que aparentemente sentiu dores, e tentou alterar o posicionamento da equipe. Mesmo assim, o Paris Saint-Germain seguiu tendo dificuldades e o Lille continuou pressionando, marcando com intensidade e buscando fazer o segundo gol para matar o confronto.

A primeira chegada com perigo so PSG na partida foi com Neymar. O atacante recebeu dentro da área, partiu para cima da marcação e buscou a finalização. O brasileiro não pegou tão forte e o arqueiro do Lille não precisou fazer muito esforço para defender a tentativa do camisa 10, que até então estava apagado. 

Os visitantes tiveram uma boa oportunidade na sequência. Bernat perdeu a bola no ataque, o Lille saiu em velocidade e Ikoné encontrou Yilmaz livre. O turco tentou um cruzamento, mas quase surpreendeu Donnarumma, que se esticou todo e defendeu. Em seguida, no rebote, David apareceu sozinho na área, porém chutou para fora. 

O PSG tentou assumir o protagonismo da partida e fez com que o ritmo de Lille caísse ao longo do segundo tempo. Sem Messi e com um Di María apagado, Neymar começou a chamar um pouco mais a responsabilidade, driblou três e bateu de fora da área, porém a bola bateu no zagueiro rival e saiu pela linha de fundo. 

Se não estava dando certo para os atacantes do PSG, coube para Marquinhos chamar a responsabilidade. Nuno achou Neymar na esquerda, que deu lindo passe para Di María. O argentino invadiu a área, deu uma cavadinha e colocou no pé do zagueiro brasileiro, que bateu firme e empatou. 

Depois de empatar a partida, aos 40 minutos, Icardi teve a chance de dar a vitória para o PSG. Neymar fez uma grande jogada individual, conduziu a bola até o ataque e tocou para o centroavante dentro da área. No entanto, o jogador chutou mal e parou na defesa do arqueiro rival. 

Mesmo com muitas dificuldades no jogo, o PSG conseguiu a vitória no final da partida. Neymar fez uma grande tabela com Di María e apareceu sozinho na área para finalizar firme. A bola foi no cantinho do goleiro do Lille e deu os três pontos para o Paris Saint-Germain.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!