Sportbuzz
Testeira
Futebol / ELOGIOS!

PSG: Mbappé abre o jogo sobre atitude que teve com Messi na Champions League

Mbappé deu a bola para Messi cobrar o pênalti e dar a vitória para o PSG na Champions League

Redação Publicado em 19/10/2021, às 18h44 - Atualizado às 19h01

Mbappé e Messi estão em grande sintonia no PSG - GettyImages
Mbappé e Messi estão em grande sintonia no PSG - GettyImages

O PSG venceu nesta terça-feira, 19, o Red Bull Leipzig, mas teve dificuldades na Champions League. O time francês conseguiu uma grande virada para cima dos rivais alemães graças a dois gols de Messi e também a solidariedade de Kyllian Mbappé. O atacante francês, inclusive, abriu o jogo sobre uma atitude que teve e que chamou a atenção de todos. 

 

No terceiro gol do PSG, que foi de pênalti, Mbappé sofreu a falta dentro da área e pegou a bola para cobrar. Ao invés de bater, o camisa 7 optou por entregar ela para Lionel Messi, deixando todos surpresos no estádio. Na batida, o argentino deu uma cavadinha e conseguiu dar os três pontos para o Paris. 

Em entrevista para o "Canal+", Kyllian Mbappé explicou a atitude que teve e fez muitos elogios para Lionel Messi: "É normal, é respeito. Ele é o melhor jogador do mundo, é um privilégio ele jogar com a gente, eu sempre disse isso. Há uma penalidade, ele bate, ponto final". Curiosamente, no último lance da partida, o camisa 7 teve uma penalidade e a mandou para longe: "Na segunda, ele me disse "pega" (a bola), ele me deu e eu peguei".

A imprensa francesa, inclusive, colocou como "sorte" o resultado para o PSG. Mbappé deixou claro que não teve nada disso e elogiou a atuação da equipe francesa. O atacante reconheceu a dificuldade que o Red Bull Leipzig impôs para o Paris Saint-Germain nesta rodada da Champions League. 

"Claro que é difícil, são as melhores seleções do mundo, mas estávamos em casa, queríamos vencer. Fizemos isso, tivemos sequências onde fomos instalados no acampamento deles, onde conseguimos combinar, para ser perigoso, colocamos eles em dificuldade. Podemos ter passado momentos fracos um pouco fracos demais, mas não acho que tivemos sorte hoje", afirmou. 

"É difícil na Champions League. Todas as partidas são difíceis. Em casa, diante da nossa torcida, ganhamos e saímos da frente do grupo, é isso que você tem que lembrar. Também não fizemos um jogo ruim, acho que houve algumas coisas boas, outras talvez um pouco menos, mas quando você joga boas equipes as coisas sempre ficam um pouco menos bem. Mas sorte, não", completou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!