Sportbuzz
Testeira
Futebol / CAMPEONATO PAULISTA

Presidente do São Paulo exalta título e quebra de jejum: “O Paulista é um grande campeonato”

Julio Casares valoriza primeiro título estadual depois de 15 temporadas e destaca fim da fila

Redação Publicado em 24/05/2021, às 11h39

Presidente do São Paulo exalta título e quebra de jejum: “O Paulista é um grande campeonato” - GettyImages
Presidente do São Paulo exalta título e quebra de jejum: “O Paulista é um grande campeonato” - GettyImages

No último domingo, 23, o São Paulo venceu o Palmeiras por 2 a 0 e levou o título do Campeonato Paulista pela primeira vez desde 2005. Além disso, o Tricolor encerrou o jejum de oito anos sem levantar taças. Após a conquista, o presidente Julio Casares valorizou o feito do time comandado por Hernán Crespo.

Em entrevista ao programa “Mesa Redonda”, da TV Gazeta, o mandatário são-paulino declarou que o Paulistão é um campeonato importante e relembrou as históricas conquistas do Tricolor e do Corinthians, que saíram da fila depois de muitos anos pelo título estadual.

“Conquista importante, o Paulista é um grande campeonato. Eu lembro que quando o Corinthians ganhou em 77, houve uma grande comoção. Em 70, o São Paulo não ganhava desde 57 porque construía o Morumbi. Agora não estamos construindo um estádio, mas sim uma mentalidade vencedora. Reconstruindo o São Paulo da dignidade, reorganizando as finanças. Vem muita coisa por ai, com trabalho, perseverança, esse é o São Paulo que a gente quer”, disse.

“O São Paulo retomou a dignidade do grande torcedor. São 20 milhões que queriam gritar 'é campeão'. O São Paulo resgatou essa dignidade, e as crianças estão sabendo o que é ser campeão, estamos devolvendo isso”, completou.

Adversário do São Paulo na decisão de 2021, o Palmeiras entrou em atrito com a Federação Paulista de Futebol (FPF) após a final de 2018, derrotado pelo Corinthians. À época, o presidente Maurício Galiotte chegou a classificar o estadual como “Paulistinha”.

Atual campeão, o Tricolor chegou ao 22º título Paulista em sua história e igualou o número de conquistas do Santos, na terceira posição geral. 

“Esse título monstra que o São Paulo merece respeito. Essa medalha não é minha, é de cada torcedor. o São Paulo voltou a ter dignidade e respeito, precisa respeitar o São Paulo! E nós fizemos isso dentro do campo, com as nossas dificuldades, mas um trabalho técnico muito bom, além da transparência. Humildade e taça na mão”, completou Julio Casares.

Agora, o São Paulo muda o foco para a última rodada da fase de grupos da Libertadores. Nesta terça-feira, 25, o Tricolor enfrenta o Sporting Cristal, às 21h30 (de Brasília), no Morumbi.




Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!